Volkswagen vai retomar produção do e-Up

VW e-Up

O citadino elétrico ganha novo equipamento, mas mantem o mesmo motor e bateria.

A Volkswagen retirou o e-Up da sua gama no final de 2020. Esta saída de cena coincidiu com a chegada do ID.3 que inaugurou uma nova família de modelos elétricos. Contudo, a marca de Wolfsburg resolveu voltar atrás com a sua decisão e voltou a produzir o citadino “zero emissões” a partir de meados de fevereiro, na versão Style Plus. A informação publicada pela locadora Nextmove tem origem num comunicado interno emitido para os revendedores da Volkswagen.

Este e-Up de 2022 retoma precisamente onde o “antigo” modelo tinha ficado, que tinha sido alvo de uma importante atualização no início de 2020. Essa mudança incluía mais autonomia e uma redução de preço. Portanto, o elétrico manter-se-á com um motor de 83 cv e com uma bateria de 32,3 kWh de capacidade que lhe permite anunciar uma autonomia máxima até 258 km (WLTP). As baterias carregam 80% em pouco mais de uma hora a 40 kW. A principal novidade será ao que tudo indica a introdução de novo equipamento, nomeadamente uma tomada CCS, cabo, volante revestido em couro e jantes de 15 polegadas. Espera-se ainda a introdução do tejadilho e das capas dos espelhos em preto pérola.

Na Alemanha, por exemplo, o pequeno carro com de 3,60 metros de comprimento foi o segundo modelo elétrico mais matriculado em 2021 – o que é revelador do seu potencial comercial.

Deixe uma resposta

*