Mercedes-Benz Classe A Limousine não terá sucessor

Mercedes-Benz Classe A Limousine

Modelo compacto de três volume deverá sair de cena em 2025, no final do ciclo de produção.

Quando lançou o Classe A atual, a Mercedes-Benz disse que a carroçaria hatchback de cinco portas seria a única versão disponível na Europa. Contudo, depois da recetividade perante o Classe A L Sport Sedan lançado na China, a marca de Estugarda resolveu encurta-la uns milímetros e tentar a sua sorte no Velho Continente com o Classe A Limousine, apesar do risco de canibalização do bem-aceite CLA, uma berlina de formato coupé. Agora, segundo avança a Motor.es, esta versão berlina do Classe A, lançada em 2019 e que nos próximos meses deverá receber um restyling, será descontinuada no final do atual ciclo de produção em 2025. Esta informação ainda não foi confirmada oficialmente, mas é público que a Mercedes-Benz está a ajustar o seu catálogo prescindindo de versões menos rentáveis, canalizando o investimento sobretudo para novos modelos elétricos da família EQ.

Nesta gama Classe A Limousine, que em Portugal começa nos 33 mil euros, a Mercedes-Benz não se coibiu de incluir uma versão híbrida plug-in e versões desportivas com carimbo AMG. A esperança da marca alemã é que este modelo do segmento C pudesse ser procurado em especial por clientes frotistas. Contudo, a resposta comercial nunca foi tão boa como a do CLA, que continuará doravante a ser a única berlina compacta da marca de Estugarda na Europa.

Recorde-se que o Classe A Limousine tem 4549 mm de comprimento (mais 130 mm que o A convencional), 1446 mm de altura (mais 6 mm), mantendo os 1796 mm de largura e os 2729 mm de distância entre eixos. O seu principal benefício reflete-se no espaço em altura, que atinge 944 mm nos lugares posteriores. Já a mala possui 420 litros de capacidade (mais 50 litros que no A hatchback), com um acesso com 950 mm de largura e 462 mm na diagonal.

Deixe uma resposta

*