Protótipo Porsche 911 Baja vai a leilão

Russell Built Fabrications Porsche 911 Baja

Exemplar único da Russell Built Fabrications é feito com base num 964.

A californiana Russell Built Fabrications apresentou o Baja 911 em 2019. O protótipo é feito com base 911 Carrera 4 Cabriolet da geração 964 (originalmente lançado em 1991) e estreou no SEMA de 2019.

Este exemplar único com ADN de “off-roader”, da responsabilidade de TJ Russell (que esteve à frente da Singer Vehicle Design), viu a maioria dos painéis da carroçaria serem substituídos por peças em fibra de carbono e material compósito, incluindo um “hard-top”. Graças a isso, este modelo “radical” emagreceu de 1450 para 1270 kg. Este 911 único conta ainda com um chassis reforçado, arcos da rodas pronunciados, encaixou uma suspensão com um curso superior a 30 cm em ambos os eixos e de tipo “coil over” com três níveis de ajuste que possibilita elevar a carroçaria em mais de 60 cm. A acompanhar estão jantes Fifteen52 Integrale Gravel e pneus Toyo Open Country A/T (All Terrain) II. As vias foram alargadas em 35 cm e a distância entre eixos 8 cm, sendo que todos os elementos da suspensão estão acoplados ao chassis original – com a ajuda elementos num alumínio especial e numa liga de cromo-molibdénio, normalmente utilizados na aviação. Debaixo do capot está o depósito que cumpre as especificações da FIA, tendo junto a ele um pneu suplente de TT com 30 polegadas. A traseira tem barras antiaproximação ajustáveis e braços tubulares em cromo-molibdénio, tecnologia do Nascar.

Para o motor este “one off” recorreu aos serviços da Rothsport Racing – que vem otimizando motores do 911 desde 1998. A firma do Oregon (EUA) aumentou o 3.6 de seis cilindros original para 3.8 de cilindrada. A juntar a isso, o funcionamento do motor boxer arrefecido a ar foi otimizado, nomeadamente a carcaça do acelerador e o coletor de admissão, entre outros, além de acrescentar uma entrada de ar em carbono. A ECU da Motec permite agora debitar 370 cv e 420 Nm em vez dos 250 cv e 310 Nm do modelo original. Esta motorização pode agora, em opção, trocar de um modo de tração traseira ou integral, e surge acoplado a uma caixa manual de cinco velocidades. Por dentro, realce para o ar condicionado, navegação, sistema de telemetria, volante de três raios da Sparco, bacquets em carbono Sparco SPX em couro verde e Alcantara preta, cintos de competição, além do forro do tejadilho, túnel da transmissão, tablier e painéis das portas em couro preto.

Com quase 8400 km no odómetro, este 911 Baja, que será leiloado pela Collecting Cars na Califórnia, conta a licitação mais alta vai nos 203 mil euros a quatro dias do fecho do leilão.

Deixe uma resposta

*