Autódromo do Estoril foi inaugurado há 50 anos

Inauguração do Autódromo do Estoril

Circuito fica marcado por ter acolhido o Campeonato do Mundo de F1.

O Autódromo Fernanda Pires da Silva, popularmente conhecido como Autódromo do Estoril, fez esta semana 50 anos. A inauguração do circuito, que continua a ser uma referência, contou então com a presença do Presidente da República, a 17/06/1972.

O programa dessa inauguração foi composto pelas seguintes corridas:

16 de junho de 1972

– Taça Junta de Turismo da Costa do Sol [40 Voltas]

17 de junho de 1972

– Taça João Ortigão Ramos [50 Voltas]

– Taça da Secretaria de Estado da Informação e Turismo [40 Voltas]

– Taça Câmara Municipal de Cascais [30 Voltas]

– Taça Automóvel Club de Portugal [50 Voltas]

O Circuito do Estoril teve de esperar até 1982 para se ver incluído no Campeonato FIA F2, o que acabou por, em 1984, abrir as portas do Autódromo do Estoril à “creme de la creme” do automobilismo internacional, o Campeonato do Mundo de Fórmula Um, competição que recebeu até 1996 (antes disso, o Grande Prémio de Portugal tinha-se realizado na Boavista (Porto), nos anos de 58 e 60, e em Monsanto (Lisboa), em 59).

O autódromo era o principal e maior de Portugal até à construção do Autódromo Internacional do Algarve em 2008. A pista possui 4,36 quilómetros e 13 curvas.

Durante 13 edições (de 1984 até 1996), Estoril abrigou o Grande Prémio de Portugal de Fórmula 1. Foi na pista do Estoril no seu ano de estreia em 1984 que o austríaco Niki Lauda conquistou o tricampeonato. Em 1985, o brasileiro Ayrton Senna obteve a primeira pole e vitória na categoria, e em 1993 o francês Alain Prost conquistou o tetracampeonato. O circuito deixou de estar presente no calendário da MotoGP no ano de 2012. A terceira ronda da História da A1 Grand Prix foi realizada neste circuito, no dia 23 de outubro de 2005.

Deixe uma resposta

*