Alemães constroem “super” Carocha com motor boxer

Milivié 1

Milivié 1 é um “restomod” que custa mais de meio milhão de euros.

Os alemães da Milivié estreiam-se com uma edição limitada de um “restomod” do Volkswagen Carocha, acrescentando-lhe alguns aspetos modernos. Chama-se Milivié 1 e, apesar de manter a silhueta do Beetle original, esta recriação traz alguns elementos que o ligam aos Porsche arrefecidos a ar, nomeadamente a frente que remete para o 356. Além disso, os faróis clássicos são substituídos por LED em forma de auréola, complementados por outras luzes perto do para-choques, a que junta puxadores escamoteáveis das portas. Atrás, realce para o spoiler “cauda de pato” na cobertura do motor, farolins em forma de ferraduras dos cavalos e dupla ponteira de escape em aço inox com a central feita em titânio.

A base deste “restomod” é um 1303, uma variante lançada no início da década de 1970, que é maior que o Carocha original. O longo processo de transformação, que dura cerca de mil horas, inclui ainda a inclusão de suspensão de triângulos sobrepostos e travões de disco em ambos os eixos de 343 mm, pinças de travão ao estilo do 911 e jantes desportivas de 19 polegadas.

O motor é um 2.28 de quatro cilindros boxer arrefecido a ar, que conta com dois carburadores Weber e ignição eletrónica. A potência, cujo valor não foi revelado, é enviado para o eixo traseiro por via de uma caixa automática ZF 4HP de quatro velocidades (retirada de um Carrera 2). Este possibilita escolher entre os modos de condução Drive, Sports e Manual.

Por dentro, tudo mudou face ao clássico da VW. Existe um painel de instrumentos digital de 12,3 polegadas, um ecrã infotainment e um volante exclusivo, apesar de haver alguns comandos analógicos. Os quatro ocupantes com bancos individuais aquecidos em fibra de carbono podem carregar vários aparelhos móveis simultâneo, via wireless, em tomadas USB, de 220V ou USB-C. Beneficiam ainda de um sistema de som premium com 9 altifalantes e amplificador. Destaque ainda para o ar condicionado automático, direção elétrica e câmara de auxílio ao estacionamento.

O Milivié 1 é limitado a 22 unidades e tem um preço base de 570 mil euros. O fabricante diz que cada exemplar é trabalhado em conjunto e ao pormenor com o cliente. As entregas arrancarão em julho de 2023, estando previsto o fecho da produção em maio de 2025.

Deixe uma resposta

*