McLaren P1 está de volta com inédita versão Spider

McLaren P1 Spider by Lanzante

Lanzante criou uma edição “open top” limitada a cinco unidades.

A produção do McLaren P1 terminou em dezembro de 2015, mas sete anos depois surge uma nova versão. Os autores deste P1 Spider são a empresa de engenharia britânica Lanzante.

Esta versão “open top” do P1 é basicamente uma conversão do carro já conhecido, limitada a cinco exemplares. Estas unidades têm a particularidade de contarem com contrafortes em fibra de carbono, otimizados aerodinamicamente, que incorporam novas entradas de ar apontadas aos dois turbos – elementos que passaram a ser essenciais, dado que o hipercarro tinha originalmente uma entrada de ar no tejadilho. Também desapareceram os painéis em vidro no tejadilho, que foram substituídos por uma cobertura amovível. Igualmente, foram modificadas as asas dianteiras, as portas e a cobertura do motor. A secção inferior do chassis também foi alterada de modo preservar a rigidez estrutural.

A Lanzante atualizou o interior com novos revestimentos em couro nos bancos. Incluiu também um tecido chamado SuperFabric, mais resistente aos raios UV, e elementos em fibra de carbono com acabamentos acetinados e outros em preto brilhante.

O P1 Spider da Lanzante mantem o mesmo sistema propulsor híbrido do hipercarro original, com 903 cv e 900 Nm com base num motor V8. As entregas começarão antes do final do ano.

Deixe uma resposta

*