Novo Renault Espace é um Austral de sete lugares

Renault Espace

Substituto do emblemático monovolume traz uma variante Esprit Alpine, com design exclusivo.

A Renault decidiu não deixar cair a designação Espace, originalmente lançado como monovolume em 1984. O modelo agora chega à sexta geração, assumindo um formato SUV. Na prática, o novo Espace é uma versão longa e de sete lugares do Austral, com apenas algumas alterações estéticas a apontar. Com 4,72 metros de comprimento, o novo Espace, que estará disponível para encomenda ainda esta primavera, é 14 cm mais comprido e 215 kg mais leve face ao modelo antigo, além de ser 32 cm mais baixo e de acrescentar mais espaço nas versões equipadas com uma terceira fila de bancos. Com as três filas de pé, o espaço na bagageira cinge-se a 159 litros. Este valor aumenta para 677 litros com o rebatimento da última fila. A juntar a isso, há ao todo 39 litros de espaço para arrumação no interior.

Por dentro, o Espace conta em opção com um teto panorâmico com 1,33 por 0,84 metros. As jantes variam entre 19 e 20 polegadas, dependendo do nível de equipamento escolhido (Techno, Iconic e Esprit Alpine). A versão base dispõe de um painel de instrumentos digital de 12,3 polegadas e um ecrã tátil de 12 polegadas para o sistema de infotainment. Por sua vez, o HUD de 9,3 polegadas é opcional. É possível carregar o smartphone sem fios, há duas tomadas de 12V, além de duas USB-C por cada fila. Por sua vez, a versão mais equipada traz uma pintura cinza acetinada com detalhes em preto e jantes com logo da Alpine. Por dentro, realce para os bancos revestidos em Alcantara.

Tal como sucede com o Austral, o novo Espace não tem opção de motor Diesel. Em vez disso, o SUV pode ser encomendado numa versão híbrida plug-in que combina um bloco 1.3 de três cilindros turbo a gasolina com 131 cv e 205 Nm com um motor elétrico de 68 cv e 205 Nm, além de outro e-motor a operar como gerador/motor de arranque, capaz de debitar 25 cv e 50 Nm. O sistema reúne um total de 199 cv. Segundo o fabricante, esta versão permite uma média de consumos de 4,7 l/100 km e emissões de CO2 de 105 g/km. Anuncia 0-100 km/h em 8,8 segundos e uma velocidade máxima de 175 km/h. O Espace vem equipado com uma suspensão multibraços no eixo posterior, além de um sistema de quatro rodas direcionais, o que possibilita um ângulo de viragem 10,4 metros (o equivalente ao de um Clio).

Deixe uma resposta

*