Porsche renova Macan

View Gallery 13 photos

Com o novo visual, tecnologia e uma nova gama de motores, o SUV chegará no final do ano. Para já, não tem opções Diesel.

A Porsche revelou o facelift do Macan em Xangai, na China. O SUV, que chegará a Portugal perto do final do ano, traz mudanças estéticas, destacando-se o para-choques redesenhado, novos faróis em LED de série e uma tira em LED entre os farolins traseiros. A nova gama inclui jantes de 20 e 21 polegadas. Por dentro, realce para o novo grafismo do painel de instrumentos, que inclui o sistema Porsche Communication Management (PCM). Na consola central há um novo ecrã tátil maior, que oscila entre as 7 e as 11 polegadas. A juntar a isso, as saídas de ventilação mudaram de sítio e estão agora imediatamente abaixo do ecrã. Há melhorias em termos de conetividade, com a introdução de série do módulo Connect Plus que permite aceder a informações de trânsito em tempo real (através da “cloud” da Here). Entre as opções, consta o volante GT com botão Sport Response. Em termos de sistemas de assistência à condução também há novidades, com a inclusão de série do Traffic Jam Assist, que recorre ao cruise control adaptativo e ao Lane-Keeping Assist para uma condução parcialmente autónoma até 60 km/h.

A gama de motores do Macan também traz novidades, mas só será revelada devido à transição para a norma WLTP. No entanto, a Autocar avança que, logo no lançamento, estará disponível o Macan S a contar com um V6 3.0 (em vez de um V6 3.6) mantendo os 340 cv. As opções Diesel ficarão de fora, pelo menos para já. O concorrente do Audi Q5, BMW X4, Jaguar F-Pace e Mercedes-Benz GLC Coupé deverá ter um 2.0 de quatro cilindros turbo na base da gama com 260 cv (mais 8 cv que o antecessor). O referido V6 3.6 também será substituído no Macan GTS pelo mesmo V6 3.0 do Macan S, alcançando os 380 cv (mais 20 cv). Alegadamente, o Macan Turbo deverá adotar um V6 2.9 turbo com 420 cv (mais 20 cv do que o antecessor V6 3.6) e o Macan Turbo S debitará na ordem dos 460 cv. Tal como sucede com o modelo anterior, todos os motores do renovado Macan estão disponíveis com caixa de dupla embraiagem de sete velocidades com patilhas no volante e um sistema de tração integral com diferencial Torsen.

A Porsche diz que melhorou a dinâmica da condução do novo modelo, com alterações no chassis, que potenciam a neutralidade, mas mantendo a estabilidade e aumentando os níveis de conforto.

Deixe uma resposta

*