Rolls-Royce Cullinan terá versão de topo híbrida

Rolls-Royce Cullinan

Nova versão do SUV posicionar-se-á acima do V12 com 571 cv.

A Rolls-Royce prepara-se para apostar numa versão híbrida do seu SUV Cullinan a médio prazo. Ouvido pela imprensa britânica durante o Salão de Paris, o patrão da marca Torsten Müller-Ötvös quis adiantar números mas confirma que esta versão posicionar-se-á no topo da gama, batendo o V12 6.75 biturbo com 571 cv e 850 Nm de binário máximo. Contudo, há fontes que aventam que o sistema será com composto por um V8 4.0 biturbo a gasolina a funcionar em conjunto com um motor elétrico para um débito de 710 cv. Para já, certo é que além do aumento de potência a “eletrificação” permitirá um “boost” adicional na aceleração de 0 a 100 km/h do SUV mais caro do mundo, mantendo, no entanto, a limitação eletrónica da velocidade máxima a 250 km/h.

Outro número curioso é que o Cullinan ficará em catálogo durante os próximos 14 anos, com ocasionais facelifts.

Outra possibilidade é o lançamento de um SUV mais pequeno que o Cullinan.

Deixe uma resposta

*