Range Rover SV Coupé é carta fora do baralho

Range Rover SV Coupé estreou há cerca de um ano

O Range Rover mais exclusivo de todos não vai avançar.

A Land Rover decidiu não produzir o Range Rover SV Coupé, uma variante de três portas que seria o novo topo de gama do SUV. O modelo originalmente mostrado no Salão de Genebra de 2018 com motor V8 5.0 supercharged, com produção limitada a 999 unidades, nunca chegou a avançar sobretudo por razões financeiras. A marca britânica tomou esta decisão de forma a canalizar os seus recursos para modelos mais convencionais como as novas gerações do Discovery Sport e do Defender, a revelar ainda este ano.

Com um formato de carroçaria específico, o Range Rover SV Coupé seria o primeiro modelo da Land Rover a ser feito no centro técnico da SVO (divisão de operações especiais da Jaguar Land Rover em Coventry) – o mesmo que “converteu” um Jaguar XE num Project 8. O SV Coupé seria feito com base na plataforma do Range Rover convencional, tendo apenas escassas modificações. Contudo, apenas o capot e a parte inferior da tampa da mala seriam iguais ao modelo que lhe serve de base.

Deixe uma resposta

*