Lotus confirma supercarro “eletrificado” para 2020

Aquele que é conhecido para já como Type 130 será o primeiro modelo da marca britânica em 12 anos.

A Lotus aproveitou a sua presença no Salão de Xangai, na China, para confirmar que apresentará um supercarro chamado Type 130. Segundo a Top Gear, poderá haver mais novidades acerca do novo carro já no próximo verão, sendo que este só deverá ser revelado na íntegra no decurso de 2020. Trata-se do primeiro modelo da marca britânica desde o Evora, introduzido em 2008. O novo desportivo será feito com base numa nova plataforma, com um chassis em alumínio. O CEO da Lotus adiantou à Auto Express que o primeiro hipercarro “eletrificado” da marca deverá estar à venda apenas no início de 2021. Phil Popham diz que o novo ciclo passa também pelo investimento em novas plataformas e pela “eletrificação”. O motor térmico deverá deixar de ser de origem Toyota, devendo estar em cima da mesa um sistema híbrido de origem Volvo/Geely – grupo ao qual a Lotus foi agregada recentemente. Contudo, o novo responsável pela marca conhecida pelos seus modelos desportivos faz questão de salientar que continuarão a utilizar um chassis e plataformas específicas.

De acordo com os relatos preliminares, o novo Type 130 será feito em parceria com a Williams Advanced Engineering, terá mais de 1000 cv e custará cerca de 2,3 milhões de euros.

O homem-forte da Lotus deixou ainda em aberto a possibilidade de apostar futuramente num SUV, GTs e berlinas. “Somos uma start-up com 70 ans! Como marca premium que somos e não uma de grandes volumes, não descartamos essas hipóteses”, sublinhou Popham, que assim demonstrou interesse em alargar o âmbito da marca por diferentes franjas de mercado, sem que isso compromete o seu ADN.

Deixe uma resposta

*