Porsche cria exemplar único Boxster Bergspyder

Porsche 981 Bergspyder View Gallery 10 photos

Versão “single seater” é inspirada no 909 Bergspyder que competiu em 1968.

Este “one-off” Porsche Boxster Bergspyder foi criado em jeito de tributo a um dos carros de competição mais extremos de sempre, o 909 Bergspyder, concebido especialmente para correr o campeonato europeu de montanha de 1968. O Bergspyder original foi construído com a premissa de ser o mais leve possível. Por exemplo, o modelo de corridas não tinha uma bomba de combustível convencional, tendo em vez disso uma bomba manual que era necessário acionar antes de o carro “pegar”. O 909 tinha também discos de travão em berílio cromado. Com apenas 384 kg, o modelo de corridas surge com uma pintura em branco e verde. O motor era um oito cilindros boxer 2.0.

Apenas dois exemplares do Bergspyder original foram construídos, sendo que um deles foi recentemente restaurado e está em estado funcional. O Bergspyder moderno não é tão extremo como o seu antecessor. Trata-se de um “single seater” sem tejadilho, para-brisas ou puxadores das portas feito com base no Boxster da geração 981. O objetivo foi também o de conceber o modelo o mais leve possível. Utiliza um defletor de vento transparente, uma lona feita de couro artificial concebida para prolongar o compartimento em fibra de carbono, em alusão do 356 Speedster de 1954. O interior possui vários elementos alusivos ao 918 Spyder, nomeadamente os bancos. A porta do passageiro pode ser aberta e existe um compartimento para arrumar um capacete e uma capa amovível no banco do condutor. Ao todo o 981 Bergspyder tem 1099 kg. O motor é mesmo do Cayman GT4, um 3.8 de seis cilindros boxer de 393 cv.

Ambos os Bergspyder estão a partir de agora em exposição no museu da Porsche, em Weissach. Contudo, ambos serão mostrados em público pela primeira vez na rampa da Gaisberg.

Deixe uma resposta

*