Citroën C4 Cactus não terá substituto direto

Citroën C4 Cactus facelift

Nova geração do C4 será um pequeno familiar de formato mais convencional.

Apesar de ter causado furor logo que foi mostrado ainda em formato de protótipo e ter tido uma carreira comercial relevante nalguns mercados, o Citroën C4 Cactus não terá um sucessor direto ao fim da sua primeira geração. Ouvido pela Top Gear, o responsável de produto da marca francesa, Xavier Peugeot assegura que a sigla Cactus vai desaparecer. Isto acontecerá porque o conceito do seu sucessor transitará do atual crossover mais radical com os seus caraterísticos airbumps, que funciona como alternativa aos SUV dentro do segmento compacto, por um modelo do segmento C de formato hatchback, mais convencional, para concorrer diretamente com propostas estabelecidas como o VW Golf ou o Renault Mégane. Recorde-se que, aquando do facelift (na imagem), o C4 Cactus foi transformado numa berlina mais convencional e o C4 normal foi descontinuado.

Xavier Peugeot vai adiantando que o novo C4 poderá surgir entre o final de 2020 e o início de 2021, e que será um modelo de visual diferenciador.

Deixe uma resposta

*