Mini elétrico anuncia 270 km de autonomia

Mini Cooper SE View Gallery 15 photos

Com 184 cv, o Cooper SE chega no início de 2020.

A Mini estreou o Cooper SE, uma nova inédita versão 100% elétrica. Com a produção a arrancar em novembro em Oxford, no Reino Unido, tem lançamento previsto para março de 2020 e estará disponível apenas no formato de três portas. Mantendo os logótipos do Cooper S, apenas se distingue pelos novos emblemas E. Dotado de um motor elétrico de 184 cv e 270 Nm, o mesmo do BMW i3, surge equipado com baterias de iões de lítio com 32,6 kWh colocada debaixo do banco do passageiro em forma de T, a enviar potência exclusivamente para as rodas dianteiras. Anuncia autonomia entre 230 e 270 km WLTP. A aceleração 0-100 km/h é cumprida entre 7,3 segundos e uma velocidade máxima de 150 km/h. A marca anuncia uma capacidade de carregamento de 80% das baterias em 35 minutos num ponto de carga de 50 kW. Numa wallbox de 11 kW, a carga de 0 a 80% é efetuada em 150 minutos ou a totalidade em 210 minutos. O Mini Cooper SE conta com três modos de condução (Green, Mid e Sport). O Cooper SE pesa apenas mais 145 kg face ao Cooper S com caixa automática Steptronic.

Visualmente, distingue-se pela grelha própria, em cinzento e amarelo, que acrescenta 17 mm em comprimento. Em opção, pode ter detalhes em amarelo Energetic na grelha, capas dos espelhos e jantes. Os pontos de carga AC e DC estão posicionados no lugar do depósito de combustível. Inclui também um para-choques redesenhado com um lábio adicional, para-choques traseiro redesenhado sem escape. As jantes possuem um desenho específico. O Mini elétrico tem uma suspensão 18 mm mais elevada face ao modelo convencional e cavas das rodas mais pronunciadas. Por dentro, o Cooper SE tem menos diferenças face ao modelo convencional. Destaque para o painel de instrumentos digital, em estreia absoluta num Mini – que inclui informação da velocidade, autonomia, reserva de energia e situação de carga. Este sistema será acrescentado na restante gama Mini em 2020.

Destaque ainda para o botão que permite controlar o nível da travagem regenerativa e há detalhes em amarelo no habitáculo. Esta versão elétrica não influi com a habitabilidade e a capacidade da mala (211 litros). O modelo base conta com navegação por satélite em tempo real (com localização dos pontos de carga), ar condicionado de duas zonas, luzes LED, painel de instrumentos digital, cruise control e sistema Apple Carplay gratuito por três anos. O nível de equipamento intermédio inclui acesso sem chave, bancos aquecidos, pack de assistência à condução, câmara e sensores traseiros e apoio de braço. O nível de topo dispõe de um sistema de infotainment com ecrã de 8,8 polegadas, revestimentos integralmente em couro, teto panorâmico em vidro, faróis LED Matrix, head-up display e sistema de som Harman Kardon.

Deixe uma resposta

*