Ford GT ganha edição em carbono mais potente

Ford GT Liquid Carbon View Gallery 7 photos

Além da carroçaria em fibra de carbono exposta, o Liquid Carbon traz escape Akrapovic.

A Ford revelou uma edição especial do supercarro GT que fará a sua estreia oficial no Salão de Chicago, nos EUA, no dia 8 de fevereiro. Trata-se do GT Liquid Carbon que se carateriza pela carroçaria em fibra de carbono exposta pintada com alto brilho. Este GT de edição limitada a 12 unidades por ano traz ainda mais potência extraída do motor V6 3.5 biturbo Ecoboost, que passa debitar 660 cv graças a uma recalibração do motor e melhoria do sistema de arrefecimento de modo a facilitar uma utilização mais intensiva em pista, pistões arrefecidos por galeria, bobinas de ignição de maior energia e de série um sistema de escape de titânio da Akrapovic, 4 kg mais leve, que melhora o fluxo do ar e promete um som mais “rouco”. O pico de binário do motor, cujas alterações começaram por ser testadas na versão de competição do GT, foi também alargado. A afinação da caixa de dupla embraiagem de sete velocidades mantem-se inalterada.

As alterações não se ficaram pelo motor, neste GT especial. No modo “Track” (pista) o amortecimento é ainda mais firme do que antes, há um aprimoramento do comportamento, de modo a reduzir os movimentos indesejados da carroçaria a transições em pista a alta velocidade. A juntar a isso, o modelo possui de série jantes em fibra de carbono (em vez das de alumínio), cintos de segurança de seis apoios, cinco opções de decoração interior e cinco cores para as pinças de travão. Nota ainda para as duas novas cores exteriores, incluindo uma nova com uma tinta ultra-leve que remete para o GT de competição. Entre as cores disponíveis está a Gulf Racing Heritage (ver última foto), agora com uma risca preta a separar o laranja e o azul, além do número 6 em vez do 9 em fibra de carbono.

Recorde-se que as últimas unidades (das 1350 previstas) do GT serão produzidas em 2022.

Deixe uma resposta

*