Novo McLaren híbrido prepara estreia para 2021

McLaren MV614 Hybrid View Gallery 13 photos

Modelo conhecido pelo nome de código MV614 poderá ter mais de 600 cv.

A McLaren levou para a estrada um protótipo assinado com o nome de código MV614, um híbrido que será o modelo de acesso dos Sports Series. O primeiro modelo híbrido de produção em série da marca, que tem lançamento previsto para o início de 2021, foi “apanhado” envergando a carcaça de um 570S. O novo Sports Series de acesso contará com uma nova linguagem de design. Uma imagem aproximada do painel de instrumentos (ver última foto) permite ver o desenho final do carro gerado por computador. As semelhanças com o 720S são inegáveis, embora no “muleto” de testes não seja possível descortinar entradas de ar laterais ao estilo dos Sports Series atualmente em produção. O interior surge com um novo desenho que deverá ser aplicado em toda a nova geração dos Sports Series. Aquele que contará provavelmente com uma versão atualizada da estrutura em fibra de carbono MonoCell traz uma inscrição “hybrid”, confirmando que é “eletrificado”. Nota também para o sistema de escape montado numa posição elevada e para os travões carbocerâmicos.

A nova gama Sports Series deverá estrear um novo motor desenvolvido pela McLaren em conjunto com a Ricardo – colaboração que vem desde o MP4-12C equipado com um V8 biturbo. Contudo, o novo motor será de capacidade inferior, sendo quase certo que se tratará de um V6 biturbo híbrido, provavelmente acima dos 600 cv. É bom lembrar que a McLaren anunciou que vai apresentar uma nova arquitetura V6 biturbo em março no Salão de Genebra. Nos planos da marca de Woking está ainda um supercarro de tração integral e um híbrido plug-in.

Recorde-se que a McLaren anunciou que “eletrificará” toda a sua gama até 2025 e que alguns dos 18 modelos a lançar durante esse período terão um motor V6. A marca britânica estima que a gama de acesso Sports Series de motor central (originalmente lançada em 2015) poderá representar vendas anuais até 6 mil unidades por ano em 2025.

Deixe uma resposta

*