Hipercarro grego de 3000 cv promete 12.000 rpm

Projeto do supercarro grego Chaos View Gallery 15 photos

O Spyros Panopoulos Project Chaos será apresentado na próxima edição do Salão de Genebra.

O mundo ultra-exclusivo dos hipercarros está prestes a ganhar um novo membro, com um nome sugestivo: Chaos. Trata-se de uma aposta do empreendedor Spyros Panopoulos, o criador da nova marca grega que já confirmou a sua pretensão de apresentar ao grande público a sua criação na próxima edição do Salão de Genebra, em março de 2021. A motivação do Spyros Panopoulos Project Chaos, que para já surge nas imagens ainda disfarçado, tem origem num motor V10 4.0 biturbo com veio de transmissão em titânio, válvulas Inconel e pistões e bielas feitas com recurso a impressão 3D. A marca anuncia uma versão de acesso com 2000 cv e um “red line” às 11.000 rpm. Contudo, está prevista uma versão de topo que incluirá pistões em cerâmica, bielas em carbono e com outras mexidas no motor, a start-up diz que é possível chegar aos 3000 cv e a uma rotação máxima de 12.000 rpm (acima dos 11.100 rpm do Aston Martin Valkyrie), que opera apenas a gasolina E85. O motor surge acoplado a uma caixa de dupla embraiagem de oito velocidades que ajuda a distribuir a potência pelas quatro rodas. As especificações do novo modelo ainda não foram divulgadas, embora seja previsível que este hiperdesportivo consiga acelerar de 0 a 100 km/h em menos de dois segundos e uma velocidade máxima a rondar os 500 km/h – valores próximos de ilustres e já estabelecidos rivais tais como a Bugatti, Rimac ou a Koenigsegg.

Para tal, os gregos têm vindo a trabalhar desde o ano passado neste projeto, que aparenta já estar próximo de estar concluído. Com um formato aerodinâmico e futurista, o Chaos é feito a partir de uma construção “monocoque”, usando painéis em fibra de carbono e Kevlar, ponteiras de escape em titânio de colocação central e farolins em LED impresso em 3D. As jantes são em titânio com 21 polegadas no eixo dianteiro e 22 polegadas no eixo posterior, a suspensão é totalmente independente com triângulos sobrepostos, associada a discos de travão carbocerâmicos com 428 mm à frente e 416 mm atrás e pinças em magnésio impressas em 3D. Por dentro, os gregos dizem que há dois lugares à disposição que poderão desfrutar de tecnologia de realidade aumentada.

Deixe uma resposta

*