BMW Série 4 Coupé estreará em junho

BMW Série 4 View Gallery 19 photos

Versão de referência será, para já, o M440i com 374 cv e tecnologia mild hybrid.

A BMW revelou um conjunto de imagens que mostra a nova geração do Série 4 Coupé (conhecido internamente pelo nome de código G22) no seu derradeiro processo de desenvolvimento, ainda camuflado. Aproveitando as circunstâncias a marca de Munique revelou também algumas das especificações do modelo que será desvendado oficialmente em junho. No lançamento, a versão de topo será a M440i xDrive com 374 cv e 500 Nm debitados do motor 3.0 de seis cilindros turbo a gasolina B58. A grande diferença para a motorização já presente na gama Série 3 é a introdução no M440i xDrive de tecnologia “mild hybrid” de 48V com overboost elétrico de 11 cv. Este sistema permitirá compensar o atraso na resposta do turbo, ao mesmo tempo que permitirá circular em modo “roda livre”. De resto, esta versão com cunho M Performance contará com a já conhecida caixa automática de oito velocidades Steptronic Sport a distribuir potência pelas quatro rodas. A marcar presença estará também um diferencial eletrónico M Sport, travões M Sport e jantes M de 18 polegadas.

A gama Série 4 Coupé incluirá ainda a versão 430i, que terá debaixo do capot o motor B48, um 2.0 de quatro cilindros turbo a gasolina com 258 cv e 400 Nm, uma versão de tração traseira com caixa automática de oito. As outras opções incluirão um 420i, 430d e o 435d.

A base do novo Série 4 Coupé será a mesma CLAR do Série 3, que permitirá mais 42 mm de distância entre eixos face ao antecessor, para um total de 2852 mm. A marca bávara adianta ainda que o novo modelo será 57 mm mais comprido face ao Série 3 e que contará com um centro de gravidade 21 mm mais baixo, sobretudo devido à linha de tejadilho reduzida. Reforçando o caráter mais desportivo, o Coupé contará com vias 23 mm mais largas face à berlina 3. Além disso, a suspensão dianteira com triângulos sobrepostos e traseira com cinco braços recorre a uma afinação específica, incluindo mais camber negativo na dianteira. O eixo traseiro foi alvo de atenção especial por parte dos engenheiros, com um aumento da rigidez, o que permite aumentar a estabilidade em reta e aceleração lateral. De modo a otimizar a precisão da direção e da resposta, o carro beneficia de apoios específicos na torre e um painel de cisalhamento adicional na antepara. Outro aspeto trabalhado em laboratório foi a aerodinâmica, com o coupé a anunciar uma redução de 0,015 cx face ao Série 3.

Além do Coupé, o novo Série 4 terá a companhia da versão descapotável G23, desta vez com uma solução “soft-top” em vez de “hard-top”, e do quatro portas Gran Coupé G24 nos próximos meses. O M4 só deverá ser mostrado em 2021. Outra novidade é chegada de uma versão elétrica i4, prevista igualmente para o próximo ano.

Um dos motivos de conversa do novo Série 4 tem sido em redor da sua grelha sobredimensionada (na linha do concept car revelado no ano passado), que para já surge camuflada.

O interior do novo Série 4 aparenta ser alinhado com o do Série 3, sobretudo no que toca ao desenho do volante, tablier e consola central, mas também com a inclusão do sistema BMW Live Cockpit Professional.

Deixe uma resposta

*