McLaren faz 600LT em homenagem a aranha venenosa

McLaren 600LT Segestia Borealis View Gallery 3 photos

Criada pela MSO, esta série especial do Long Tail chama-se Spider Segestria Borealis.

A divisão de operações especiais da McLaren, a MSO assinou as 12 últimas unidades dirigida ao mercado norte-americano do 600LT Spider com uma tonalidade específica. Esta série especial exclusiva para os EUA, de seu nome Segestria Borealis, é inspirada numa aranha venenosa, a Segestria Florentina. A cor deste lote de unidades do Long Tail britânico é um preto iridescente que remete para a pele da aranha, que reflete tons de púrpura, verde e cor de vinho, dependendo da incidência da luz. De modo a imitar a presas verdes da aranha, o supercarro surge com riscas em verde que se prolongam da frente até à traseira. A complementar as riscas, há detalhes adicionais em verde Napier Green a “salpicar” o vão dianteiro, saias laterais, pinças de travão e difusor traseiro. A asa traseira e as capas dos espelhos contam com o desenho de teias de aranha. Destaque ainda para as jantes forjadas de dez raios em preto.

Por dentro, há mais teias nos encostos de cabeça e na almofada dos bancos. Há também um sistema de som Bowers & Wilkins com 12 altifalantes, um sistema de telemetria para pista e um assistente ao estacionamento, com câmara traseira e com um sistema que permite elevar a frente do carro. Esta série especial do 600LT (originalmente limitado a 500 cópias) surge equipada com o MSO Clubsport Pack, que inclui aplicações em fibra de carbono no interior, bacquets de competição em fibra de carbono, porcas de aperto central em titânio e um acabamento brilhante das “asas” em carbono.

Este “Spider Spider” mantem o motor V8 3.8 biturbo com 600 cv e 620 Nm de binário, acoplado a uma caixa de dupla embraiagem de sete velocidades, do 600LT convencional, o que permite projetar o modelo “aberto” de 0 a 100 km/h em 2,8 segundos e uma velocidade máxima de 323 km/h (ou 315 km/h com a capota aberta). O preço começa nos 251 mil euros no mercado norte-americano.

Deixe uma resposta

*