BMW moderniza Série 6 GT com tecnologia híbrida

BMW Série 6 GT facelift View Gallery 20 photos

Toda a gama do Gran Turismo passa a dispor de um sistema elétrico de 48V.

A BMW aproveitou a renovação da gama Série 5 para mostrar um dos seus derivados, o Série 6 Gran Turismo. Disponível a partir de julho, o facelift do modelo que veio substituir o Série 5 GT foi alvo de modificações estéticas, nomeadamente na grelha e nos faróis, assim como nos farolins e avental traseiro. O pack M Sport beneficia de novos elementos e há ponteiras de escape de formato trapezoidal em todas as versões. A entrada de ar inferior passa a ser dividida, o que faz com que o carro pareça mais largo.

Nesta atualização da gama, o interior do Série 6 GT foi aprimorado passando a surgir equipado de série com o Live Cockpit Professional, tem uma dupla de ecrãs com 12,3 polegadas, dispõe de uma consola central redesenhada e de um novo volante. Entre o equipamento de série, realce para os bancos dianteiros de ajuste elétrico e revestimentos em couro. Em opção, há bancos multifunções e bancos traseiros com encosto de cabeça ajustável eletricamente. A isso juntam-se novas decorações, luz ambiente dinâmica, quatro zonas de climatização, teto panorâmico em vidro, sistema de som Bowers & Wilkins e a mais recente versão do sistema Rear Seat Entertainment Professional.

Todas as motorizações da gama Série 6 GT são oferecidas de série com um sistema “mild hybrid” de 48V. Esta tecnologia permite acrescentar 11 cv em determinadas situações. Esta solução é, segundo o fabricante, mais eficiente, possibilitando que o motor elétrico de pequenas dimensões controle o funcionamento do sistema start&stop, mas também que desligue o motor e coloque em ponto-morto a caixa de velocidades a velocidades até 15 km/h. No lançamento, estarão disponíveis as versões a gasolina 630i com um 2.0 de quatro cilindros turbo com 258 cv e 400 Nm e 640i xDrive com um seis cilindros turbo 3.0 de 333 cv e 450 Nm (que anuncia 0-100 km/h em 5,5 segundos). Do lado dos Diesel é possível optar pelo 620d com um 2.0 de quatro cilindros turbo com 190 cv e 400 Nm, um seis cilindros 3.0 com 286 cv e 650 Nm para o 630d xDrive e com 340 e 700 Nm no 640d xDrive (que anuncia 0-100 km/h em 5,3 segundos). Todos os motores surgem em exclusivo com uma caixa automática de oito velocidades Steptronic melhorada, mais leve e com passagens mais rápidas. Existe também uma opção Steptronic Sport, com patilhas no volante e função “launch control”.

O Série 5 GT mantem as medidas: 5,09 metros de comprimento e uma distância entre eixos de 3,07 m. O modelo de seis lugares carateriza-se ainda pelas portas sem moldura e pelo spoiler traseiro que aciona automaticamente velocidades superiores a 120 km/h. A bagageira mantem a volumetria da anterior, variando entre 600 e 1800 litros de capacidade. A suspensão pneumática no eixo traseiro é de série. Em opção, é possível alargar a suspensão pneumática ao eixo dianteiro. Outras opções incluem o sistema de quatro rodas direcionais e o sistema de estabilização ativa. Existe ainda um sistema de travagem desportivo com pinças em azul ou vermelho.

Há novos sistemas de assistência à condução na gama Série 6 GT, nomeadamente o aviso de saída de faixa integrado num novo pack opcional Driving Assistant, um Driving Assistant Professional opcional, um assistente de estacionamento de deteta veículos na traseira até 50 metros de distância e um sistema que permite gravar vídeos em redor da viatura até 40 segundos.

Deixe uma resposta

*