“Brinquedo” da Bugatti pode custar tanto como um Tesla Model 3

Bugatti Baby II

Limitada a 500 unidades, a réplica elétrica do Type 35 pode ser conduzido por um jovem adulto.

Sensivelmente um ano e meio depois da sua primeira aparição no formato concept no Salão de Genebra de 2019, eis que o Bugatti Baby II com o aspeto final. Ao contrário do que possa parecer e do que sucedeu com o Baby I (ver última foto), que se destinava a crianças até oito anos de idade, esta nova versão do mini-carro elétrico (significativamente maior face ao antecessor) pode ser conduzido por pessoas até 14 anos ou mais (podendo até servir para um jovem adulto). Se o visual do Baby II lhe é familiar é porque é inspirado no Type 35 (na verdade é uma versão 75% à escala do modelo nascido em 1926 (e que esteve em comercialização até 1936) – quando Ettore Bugatti e o seu filho Jean decidiram fazer um exemplar único de um Type 35 à escala para o filho mais novo de Ettore, Roland, como prenda de anos.

Feito em conjunto com a The Little Car Company, o Baby II terá uma produção limitada a 500 unidades e estará disponível em cinco versões: o Base, feito de materiais compósitos, com bateria de iões de lítio de 1,4 kWh e dois modos de condução; o Novice limitado a 20 km/h, 1,3 cv/1 kW de potência e até 25 km de autonomia; o Expert capaz de acelerar até 45 km/h, com 5,4 cv/4 kW; o Vitesse com carroçaria em fibra de carbono, bateria de 2,8 kWh e motor mais potente que pode ser desbloqueado através da Bugatti Speed Key (tal como o Chiron!) até um total de 13,4 cv/10 kW, capaz de projetar o carro até aos 70 km/h; e no topo está a versão para colecionadores Pur Sang, com o mesmo motor do Vitesse, mas com uma carroçaria em alumínio que demorou mais de 200 horas a construir – recorrendo a técnicas de produção artesanais semelhantes às que foram utilizadas no Type 35 original. Estes dois últimos beneficiam de cerca de 50 km de autonomia, possuem os modos de condução Novato e Experto e pneus Michelin, podendo chegar aos 60 km/h em seis segundos. Todos os Baby II são de tração traseira, tal como o original, e contam com diferencial autoblocante. No modelo com 230 kg, destaque ainda para o sistema de travagem hidráulico e travagem regenerativa. Além disso, a geometria de suspensão é idêntica à do modelo histórico, com recurso a tecnologia de impressão 3D. Acrescenta ainda pedais em alumínio e a alça da bomba de combustível a funcionar como seletor da transmissão. O Baby II vem equipado com faróis em LED um logótipo “Macaron” feito com um banho de 50 gramas de prata. Todo o carro é passível de personalização, por dentro e por fora – até possui um configurador online -, sendo possível utilizar as mesmas tonalidades do Chiron. A instrumentação deste Baby II replica a do Type 35 original, mas com o indicador do nível da bateria em vez do indicador da pressão do combustível, e o indicador de potência substitui o nível do depósito de combustível. O volante amovível facilita o acesso ao interior.

O Baby II começa sensivelmente nos 30 mil euros, na versão base, sendo que pode chegar aos 58.500 euros no Pur Sang. Em Portugal, um Tesla Model 3 Standard Range Plus arranca nos 48.900 euros. Quem comprar este Baby II passará a ser membro do The Little Car Club e Bugatti Owners’ Club, que permitirá marcar presença em eventos com os seus filhos ou netos e até conduzir o carro em circuitos famosos.

Deixe uma resposta

*