Elétrico Lucid Air anuncia 810 km de autonomia

Lucid Air View Gallery 27 photos

O modelo de 1095 cv foi desenvolvido pelo engenheiro responsável pelo Tesla Model S e carrega o equivalente a 480 km de autonomia em 20 minutos.

Com o passar do tempo, o mercado de automóveis elétricos está a tornar-se cada vez mais competitivo graças à introdução de novos modelos. Porém, até agora, era absolutamente notório que a Tesla conseguia alcançar um patamar superior ao dos seus concorrentes. Essa situação poderá estar prestes a mudar graças à introdução do novo Lucid Air, um modelo elétrico que promete rivalizar com o Model S.

Produzido pela Lucid Motors, uma empresa fundada em 2007 que começou por fabricar baterias de alta-performance para os competidores da Fórmula E, este novo Air apresenta números impressionantes que “agitam as águas” do segmento. Como não podia deixar de ser, foi engendrado por uma equipa repleta de talentos provenientes de outros construtores liderados por Peter Rawlinson, o engenheiro responsável pelo Tesla Model S. O resultado é um automóvel com dois motores elétricos que debita 1095 cv de potência e consegue percorrer o tempo dos 0-96 km/h em apenas 2,5 segundos. Mas esses não são os valores mais surpreendentes. Graças a um pacote de baterias de 110 kWh, a marca norte-americana atreve-se a anunciar uma autonomia a rondar os 810 km com uma única carga (em condições perfeitas). Se essas afirmações forem confirmadas, então o Lucid Air será o modelo elétrico com maior autonomia de sempre.

Segundo referem os responsáveis pelo seu desenvolvimento, a aerodinâmica muito trabalhada é um dos aspetos que mais contribuiu para essa façanha. Como acrescento, foi ainda desenvolvido um sistema de ajuda à condução com 32 sensores e 14 câmaras que possibilitará a introdução de condução autónoma no futuro. Mas as surpresas não terminam por aqui: ao utilizar uma arquitetura eletrónica com uma capacidade superior a 900 volts, a Lucid menciona que será possível somar 480 km de autonomia num posto de carregamento rápido em somente 20 minutos. No que concerne o exterior, este apresenta um desenho eminentemente moderno que assume a forma de uma berlina. A linha de pensamento é transportada simultaneamente para o interior dominado por dois ecrãs de generosas dimensões que controlarão o sistema de infotainment e outros parâmetros relacionados com o modelo em si.

Para já, a Lucid anunciou que a versão de lançamento “Dream” custará um valor aproximado dos 143 mil euros nos EUA. Está previsto o lançamento de mais derivações, com destaque para a versão de entrada que terá preços a começarem nos cerca de 68 mil euros. Ainda não se sabem informações concretas relativamente ao mercado europeu, nem se o Air poderá chegar ao nosso país.

Deixe uma resposta

*