Mazda MX-30 com motor rotativo confirmado para 2022

Mazda MX-30

SUV foi o escolhido para o regresso do motor Wankel que será utilizado numa versão com extensor de autonomia SkyActiv-R.

Há vários anos que se especula acerca do possível regresso do motor Wankel à gama da Mazda. Finalmente, o dia dessa confirmação chegou. Contudo, ao contrário do que se supunha inicialmente não será uma solução associada a um modelo desportivo, como o RX-8 (o último a utilizar um motor rotativo). Tal como é possível constatar num vídeo agora publicado pela marca nipónica, o escolhido foi o novo SUV MX-30, que ganhará uma nova versão Skyactiv-R (o nome dos novos modelos com extensor de autonomia com motor rotativo) na primeira metade de 2022.

Na prática, o extensor de autonomia é utilizado como uma espécie de gerador a gasolina. Sem qualquer ligação direta às rodas através da transmissão, este motor serve para carregar as baterias com 35,5 kWh de capacidade do modelo elétrico quando estas ficam vazias. No caso do SUV MX-30 (ler o test drive da versão 100% elétrica na edição #36, já nas bancas) estas baterias proporcionam uma autonomia na ordem dos 200 km. Recorde-se que foi em 2013 num protótipo de um Mazda 2 que esta solução de utilizar o motor rotativo como extensor de autonomia foi testada em primeira instância. Em causa está um pequeno motor de 0,33 litros a debitar até 38 cv.

Apesar de o motor rotativo regressar ao ativo no MX-30, ainda existem rumores que dão conta da possibilidade desta solução tecnológica poder vir a ser utilizada num novo desportivo RX-9. Este motor Wankel poderá ser associado a um motor de seis cilindros em linha integrado num módulo “mild hybrid” ou com a função de turbo elétrico.

Nos últimos anos, a BMW lançou uma versão com extensor de autonomia do i3, entretanto descontinuada. E a Chevrolet/Opel tiveram há cerca de dez anos o Volt/Ampera, um plug-in com extensor de autonomia com sistema Voltec, um modelo condenado pelas vendas reduzidas.

Deixe uma resposta

*