Renault Mégane eVision antecipa novo elétrico para 2021

Renault Mégane eVision View Gallery 10 photos

Protótipo estreia uma nova plataforma e um novo motor de 218 cv alimentado por uma bateria de 60 kWh.

A Renault apresentou o protótipo Mégane eVision que abre caminho para uma nova família de carros elétricos. O concept, feito com base na nova plataforma da aliança Renault-Nissan-Mitsubishi, a CMF-EV (já utilizada no SUV Nissan Ariya), específica para modelos “zero emissões”, dará origem a um crossover produção no final de 2021. Visualmente, o Mégane eVision é uma evolução de outro protótipo revelado no início do ano, o Morphoz, sendo composto por elementos visuais que remetem tanto para o universo dos SUV, como dos coupé ou dos citadinos. Esteticamente, o novo concept de formato 95% próximo da produção pretende ser uma reinvenção do hatchback clássico. Com 4210 mm de comprimento, 1800 mm de largura, 1505 mm de altura e 2700 mm de distância entre eixos, este estudo é mais pequeno que o atual Mégane de cinco portas sendo mais próximo da silhueta do Ariya. Destaca-se pelo capot ondulado, os vãos curtos, a linha de tejadilho de estilo flutuante e as grelhas com filamentos verticais à frente e atrás. No mesmo sentido, assinatura luminosa LED Matrix é formada por pequenas barras luminosas que contornam o logótipo da Renault. Já as jantes aerodinâmicas de 20 polegadas são similares às do Morphoz. Destaque ainda para os puxadores das portas embutidos, câmaras em vez de espelhos retrovisores laterais, spoiler traseiro no tejadilho e para o difusor iluminado. O teto do “show car” surge pintado em dourado.

O conjunto propulsor do Mégane eVision, um potencial concorrente do VW ID.4 e do Skoda Enyaq, é composto por único motor elétrico de 160 kW/218 cv e 300 Nm, responsável pelo movimento das rodas da frente. Este é alimentado por um pack de baterias de 60 kWh de capacidade arrefecidas a ar e com apenas 11 cm de altura, embutidas na estrutura do carro (mais concretamente no piso), que prometem autonomia para cerca de 450 km (WLTP). Estas baterias suportam carregamentos rápidos a 130 kW. Contudo, no modelo de produção deverão estar disponíveis vários tamanhos de bateria (com autonomia a oscilar entre 300 e 500 km) e um segundo motor no eixo traseiro, possibilitando assim tração integral. Em termos de performance, segundo a marca francesa, este eVision de 1650 kg é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em menos de 8 segundos. Esta configuração permitirá que o modelo de produção tenha um centro de gravidade baixo, o que juntamente com uma direção mais direta e um eixo traseiro multibraços, o que promete contribuir para uma condução divertida.

Para já, ainda não foram mostradas imagens do interior deste concept compacto, mas fica o compromisso que terá uma instrumentação elegante e será dotado de um novo ambiente modular. Existirá um sistema e proximidade que ativa a iluminação de várias partes do cockpit. O software do carro é ser atualizado “over the air”.

Deixe uma resposta

*