Steeda aprimora o Ford Mustang Bullitt

Steeda Ford Mustang Bullitt Steve McQueen Edition View Gallery 10 photos

O desportivo passa a dispor de um conjunto de melhorias que elevam a sua potência até aos 836 cavalos.

O Ford Mustang Bullitt é o resultado de uma das mais épicas perseguições de automóveis na história do cinema. São 10 minutos absolutamente icónicos com Steve McQueen, conhecido por “The King of Cool”, ao volante de um GT fastback de 1968 pelas ruas de São Francisco no filme “Bullitt”. Em homenagem a esse momento, a Ford acabaria por lançar, em 2018, uma versão especial que recebe agora um aperfeiçoamento realizado pela Steeda, uma preparadora norte-americana sediada na Florida.

No total foram instalados ou aprimorados 27 componentes em parceria com a equipa McQueen Racing e Chad McQueen, o único filho de Steve. O motor V8 de 5.0 litros da versão original serviu como base, mas recebeu uma nova afinação e um compressor da Whipple de 3.0 litros que elevou a potência do desportivo para os 786 cavalos no primeiro estágio e para os 836 cavalos no segundo estágio. De forma a lidar com esse incremento de potência, a suspensão foi completamente redesenhada pelos engenheiros, foi instalada uma nova embraiagem mais resistente e introduzidas umas novas jantes de 20 polegadas envoltas em pneus Nitto com a medida 275/35 à frente e 315/35 atrás. Para além disso, tanto o exterior como o interior herdaram pequenos pormenores e placas comemorativas que fazem referência à edição, sem perturbar o desenho do Mustang Bullitt produzido originalmente pela Ford – que foi recentemente substituído pelo Mustang Mach 1.

Apesar de ser difícil conceber ainda mais melhorias, a Steeda disponibiliza ainda alguns opcionais como um arco de segurança, a remoção dos bancos traseiros, a instalação de cintos de segurança em seis pontos, entre outros. Serão produzidos apenas 300 conjuntos por ano, com os preços a começarem nos 19 mil euros.

Deixe uma resposta

*