Elétrico Hyundai Ioniq 5 anuncia até 480 km de autonomia

Hyundai Ioniq 5 View Gallery 14 photos

Crossover de design retro tem um interior espaçoso e modular e carrega o equivalente a 100 km de autonomia em cinco minutos.

A Hyundai apresentou o Ioniq 5, um crossover que abre a porta para uma nova vaga de modelos elétricos a lançar através da submarca Ioniq. Evoluindo do 45 Concept de 2019, que se baseia no primeiro modelo de produção da marca sul-coreana, o Pony (de 1975), o novo Ioniq 5 estará disponível a partir do verão. Apesar do aspeto de hatchback, o Ioniq 5 é descrito como um crossover. Este modelo que estreia a plataforma modular E-GMP tem 4635 mm de comprimento (mais comprido que o i30 e que o Tucson), 1890 mm de largura, 1605 mm de altura e 3 metros de distância entre eixos (mais 23 cm que o Santa Fe, o SUV de topo na Europa), tornando-o particularmente espaçoso e plano. A bagageira tem 531 litros de capacidade, extensíveis a 1591 litros com o rebatimento da segunda fila de bancos. Adicionalmente, debaixo do capot há mais compartimento de arrumação com 57 litros nas versões de tração traseira e de 24 litros nas versões de tração integral.

O crossover elétrico é proposto em versões com de tração atrás ou às quatro rodas, com baterias de 58 e 72,6 kWh de capacidade. A versão base com a bateria mais pequena tem 170 cv e 350 Nm e um motor atrás, permitindo 0-100 km/h em 8,5 segundos. Com a bateria mais pequena há também uma versão equipada com dois motores com 235 cv e 650 Nm (que combina um motor dianteiro com 72 cv e 255 Nm e um motor traseiro com 88 cv e 350 Nm), a anunciar 0-100 km/h em 6,1 segundos. Na versão com bateria mais potente, há também mais potência à disposição. A variante RWD tem 218 cv e 350 Nm e anuncia 0-100 km/h em 7,4 segundos. A versão de topo AWD, tem 306 cv e 605 Nm (combinando 91 cv e 255 Nm do motor posicionado no eixo dianteiro e 211 cv e 350 Nm do propulsor traseiro), permitindo alcançar 0-100 km/h em 5,2 segundos. A Hyundai promete autonomia até 470/480 km. Todos os Ioniq 5 têm uma velocidade máxima limitada a 185 km/h. O modelo base pesa cerca de 1800 kg, sendo que o modelo 4×4 com a bateria maior ronda as 2 toneladas. Dependendo da versão, é possível rebocar até 1600 kg. O crossover suporta 400V e 800V, podendo carregar de 10 a 80% das baterias com um carregador de 350 kW em cerca de 18 minutos ou o equivalente a 100 km de autonomia em cinco minutos. O Ioniq 5 possui a capacidade para carregar um computador portátil, mas também fornecer energia a outros carros através de uma ligação V2L de 3,6 kW.

Esteticamente, o Ioniq 5 adota faróis retangulares com pequenos LED em forma de pixel, capot vincado, câmaras em vez dos convencionais espelhos retrovisores, puxadores das portas escamoteáveis, cavas das rodas pronunciadas ao estilo SUV, um padrão listado e jantes até 20 polegadas. Existem nove cores exteriores à disposição, cinco delas exclusivas para o Ioniq 5. Por dentro, destaque para o túnel central que pode movimentar-se até 14 cm, com um compartimento de arrumação à frente e outro atrás. O aspeto geral é minimalista, com os comandos a concentrarem-se num ecrã tátil de 12,3 polegadas que funde com o painel de instrumentos do mesmo tamanho. Na consola central há um pequeno conjunto de botões e existe um HUD de realidade aumentada. Do lado direito da coluna de direção está o seletor da caixa de velocidades. Na conceção do interior foram utilizados materiais reciclados, nomeadamente oriundos de garrafas de plástico e lã. Os bancos são ajustáveis eletricamente e 30% mais finos comparativamente com os convencionais, o que ajuda a aumentar o espaço disponível atrás. Existe um tejadilho solar que permite melhorar a eficiência do carro, armazenando energia que é transferida para a bateria. Entre os sistemas de segurança ativa inclui o assistente de colisão dianteira, assistente de prevenção de colisão em ângulo-morto, assistente de saída em segurança, cruise control inteligente, máximos automáticos, assistente para evitar colisões traseiras, assistente para prevenir colisões em manobras de estacionamento e assistente remoto de manobras de estacionamento. A isso junta a capacidade de condução autónoma de nível 2.

Deixe uma resposta

*