Novo SL vai substituir AMG GT Roadster

Mercedes-AMG SL

Novo desportivo terá uma versão SL63 com motor V8 e mais tarde um S73e híbrido plug-in com 800 cv.

Já se sabia que a Mercedes-AMG estava a desenvolver um novo SL em conjunto com a próxima geração do AMG GT. Contudo, segundo o patrão da divisão desportiva da Mercedes-Benz, o SL será um substituto direto da variante “aberta” AMG GT Roadster. Philipp Schiemer disse ainda à Car and Driver que, apesar desta abordagem mais colada ao AMG GT, o novo SL manterá algumas das caraterísticas do seu antecessor, como grand turismo focado no conforto. A lançar no final de 2021, o AMG SL será um modelo com uma configuração 2+2, mais pequeno que o antecessor e que regressará ao tejadilho em lona, e uma aposta da casa de Affalterbach para concorrer diretamente com o Porsche 911 Cabrio, entre outros.

No capítulo das motorizações, o SL terá também algumas caraterísticas específicas. No lançamento estão previstas versões SL43 e SL53 com um motor de seis cilindros de 360 e 430 cv, respetivamente, além do SL63 equipado com um V8 4.0 a debitar cerca de 600 cv – todos “eletrificados”, com caixa automática de nove velocidades e, pela primeira vez, com um sistema de tração integral de base RWD. Para mais tarde está a ser equacionada a introdução de uma versão de referência sob a forma de um híbrido plug-in SL73e com perto de 800 cv.

Uma coisa é certa: o futuro da Mercedes-AMG passa por motores híbridos plug-in a gasolina E-Performance e por motores 100% elétricos.

Deixe uma resposta

*