Opel Elektro GT faz 50 anos

Opel Elektro GT View Gallery 5 photos

Protótipo Opel GT modificado bateu recordes mundiais de velocidade para modelos “zero emissões”.

Hoje a “eletrificação” é provavelmente a maior tendência da indústria automóvel, mas meio século antes do Corsa-e a Opel já testava os limites desta tecnologia com o Elektro GT. Foi com este protótipo feito com base num Opel GT modificado que a 17 e 18 de maio de 1971, Georg von Opel bateu vários recordes para modelos “zero emissões” no circuito de Hockenheim, na Alemanha. Este modelo especialmente preparado conseguiu bater, ao todo, seis recordes. O Elektro GT estava equipado com dois motores elétricos de corrente conínua de origem Bosch (posicionados no lugar normalmente ocupado pelo motor de quatro cilindros a gasolina), que debitavam um total de 88 kW/120 cv (embora pudessem chegar a 118 kW/160 cv em “overboost”). O motor é alimentado por quatro packs de baterias de níquel-cádmio da Varta (utilizada em aviões a jato) posicionados atrás do banco traseiro e do lado do passageiro, que pesavam 590 kg. Ao todo, este Elektro GT registava 1550 kg na balança, uma diferença substancial para os 960 kg do GT convencional.

O protótipo germânico utilizou molas mais duras e pneus especiais da Continental de alta pressão e de menor resistência ao rolamento. A Opel também fez modificações ao nível da carroçaria: fechando as entradas e saídas de ar na dianteira, removendo a típica protuberância do carburador no capot (optando por um capot plano), além de remover os para-choques, espelhos retrovisores e puxadores, bem como elementos no interior. A ECU encontra-se posicionada na bagageira. Na traseira, é incluído um aileron de grandes dimensões e foram cobertos os buracos deixados pela remoção dos farolins.

Com o Elektro GT, o neto do fundador da marca de Rüsselsheim limitou-se apenas a dar sequência a uma tradição da família Opel. Entre 1927 e 1929, Fritz von Opel, primo de Adam Opel, bateu vários recordes com um carro propulsionado por foguetes, o RAK 2 que atingiu uma velocidade máxima de 238 km/h.

Recordes:

17 maio 1971:

Distância                                                                                                                      Tempo  Velocidade

1,0 km   19,061 seg.                                                                                                  188,86 km/h

1,0 km arranque parado 31,066 seg.                                                                  115,88 km/h

0,5 km arranque parado 19,358 seg.                                                                  92,98 km/h

0,25 milhas (cerca de 400 m) com arranque parado        16,869 seg.        85,87 km/h

18 maio 1971:

Distância                                                                                       Tempo  Velocidade

10 km                                                4 min 43,69 seg.              126,89 km/h

10 milhas (cerca de 16 km)          7 min 35,63 seg.              127,15 km/h

Deixe uma resposta

*