Trio Mercedes-AMG assinala 50 anos do triunfo em Spa

50 Years Legend of Spa edition

Vitória do 300 SEL 6.8 “Red Pig” ajudou a celebrizar a sigla AMG.

Foi há meio século que a Mercedes-Benz conseguiu vencer na sua classe (e obter o segundo lugar na geral) das 24 Horas de Spa-Francorchamps com o 300 SEL 6.8 preparado pela AMG, tendo Hans Heyer e Clemens Schikentanz aos comandos. Para assinalar aquele que foi o primeiro sucesso da AMG no mundo da competição, a divisão desportiva criou um trio de modelos de GT3 de tributo ao “Red Pig” (“Rote Sau”). Esta série especial chamada “50 Years Legend of Spa” é limitada a uma unidade de cada um dos GT3 que a Mercedes-AMG utilizou desde 2010: um SLS AMG GT3, um Mercedes-AMG GT3 de 2016 e um Mercedes-AMG GT3 igual ao que corre atualmente.

O SLS AMG GT3 é feito com base no modelo que deixou de ser produzido em 2015. Segundo a Mercedes-Benz este exemplar único utilizou a última carroçaria disponível em armazém. Os três carros contam com um motor V8 6.3 a debitar 650 cv – mais do que os modelos homologados pela FIA. Todos surgem com uma pintura em vermelho similar à do carro de 1971, incluindo os respetivos patrocinadores. O chassis surge pintado em Graphite Metallic Matt e as jantes são específicas. Por dentro, estes modelos comemorativos possuem um logótipo específicos nos bancos, uma placa com a assinatura do fundador da AMG (Hans Werner Aufrecht), cintos de segurança em vermelho e painel de instrumentos em carbono mate. O trio vem equipado com pneus slick.

O SLS AMG GT3 custa 650 mil euros, o GT3 de 2020 começa nos 575 mil e o GT3 de 2016 nos 500 mil euros. O trio já com dono atribuído será exibido na próxima edição das 24 Horas de Spa.

Deixe uma resposta

*