Tesla Model 3 é o primeiro elétrico a liderar vendas europeias

Tesla Model 3

Modelo “zero emissões” norte-americano bateu a dupla Renault Clio e Dacia Sandero.

O Tesla Model 3 foi o carro mais vendido em toda a Europa em setembro. Segundo dados da Jato Dynamics, totalizou quase 25 mil unidades comercializadas em todo o território. É a primeira vez que um modelo elétrico e que um modelo produzido fora da Europa logra alcançar o topo das vendas no Velho Continente, neste caso representando 2,6% do total do mercado. Atrás do Model 3 (na imagem) ficou o Renault Clio com cerca de 18.300 unidades, seguido do Dacia Sandero com quase 18 mil.

Atualmente, o mercado europeu ainda está a sentir sequelas da crise provocada pela Covid-19, além da escassez de semicondutores – o que justifica os 25% de quebra nas vendas face a igual período do ano passado. Em termos globais, as vendas europeias em setembro voltaram aos níveis de 1995, com 718.598 automóveis novos comercializados. Curiosamente, um indicador é que os modelos a gasolina estão a cair nas preferências, com os híbridos e elétricos, em contraste, a dispararem. Aliás, no terceiro trimestre deste ano, em território europeu, foram vendidos mais híbridos, PHEV e elétricos do que carros a gasolina.

Efetivamente, o sucesso da Tesla continua a crescer. E além do campeão Model 3, o novo SUV Model Y tornou-se no segundo modelo mais vendido no segmento dos elétricos, ficando à frente do VW ID.3. Neste momento, a marca liderada por Elon Musk representa 24% da venda de elétricos, com o grupo VW logo atrás com 22%, seguido do grupo Hyundai com quase 11%. Se somarmos todos os modelos, a Tesla ficou à frente das vendas de marcas como a Seat, Fiat e Nissan. Só no Model Y superou o Fiat Panda ou o Peugeot 3008.

O líder entre os híbridos plug-in continua a ser o Ford Kuga PHEV. Os SUV continuam a ser o formato preferido dos consumidores, tendo atingido um valor recorde de 46,5% do mercado.

Deixe uma resposta

*