Novo Mercedes-AMG SL traz dupla de V8 e tração integral

Mercedes-AMG SL

Roadster “soft top” de 2+2 lugares terá mais tarde uma variante “eletrificada” E-Performance.

A Mercedes-AMG apresentou o novo SL, que só deverá chegar a Portugal no início do próximo ano. A nova geração do roadster (R232), que pertence há quase 70 anos ao portefólio da marca de Estugarda, traz uma nova plataforma em alumínio MRA – com uma rigidez torsional 50% superior, que será incorporada na próxima geração do AMG GT, previsto para 2023. O novo modelo tem 4705 mm de comprimento, 1915 mm de largura e 1359 mm de altura, o equivalente a mais 88 mm, 38 mm e 44 mm respetivamente face ao SL anterior. A distância entre eixos aumentou 117 mm para um total de 2700 mm.

Agora integrado na submarca Mercedes-AMG, o desportivo serve como substituto do AMG GT Roadster. Visualmente, o novo Sport Leicht carateriza-se pela grelha Panamericana com filamentos verticais, ladeada por faróis em LED adaptativos de forma angular semelhantes aos do CLS. De perfil, realce para os puxadores das portas escamoteáveis ao estilo do mais recente Classe S. Nota igualmente para o facto de ter sido adotada uma solução com capota em lona, de três camadas, que permitiu poupar cerca de 21 kg no peso final. A capota e o vidro aquecido na traseira rebatem em cerca de 15 segundos a velocidades até 50 km/h. Esta solução possibilitou reduzir o centro de gravidade, o que se traduzirá, segundo a marca, num melhor comportamento dinâmico. Atrás, os olhos centram-se nas quatro ponteiras de escape enquadradas num difusor, para os farolins amplos e para o spoiler traseiro ativo integrado na tampa da mala que possui seis níveis de ajustamento. Em opção, existe um Aerodynamic Package que inclui barbatanas nos para-choques, elementos ativos na dianteira e um difusor traseiro mais pronunciado.

No interior com apontamentos inspirados no universo da aviação, destaque para o sistema MBUX com um ecrã tátil disposto na vertical com 11,9 polegadas capaz de inclinar entre 12 e 32 graus. A esse junta-se um painel de instrumentos com 12,3 polegadas e um head-up display equipado com um sistema de realidade aumentada. Os bancos possuem um sistema Airscarf, de aquecimento na zona do pescoço, de série. De fábrica surgem ainda o volante AMG Performance e os bancos AMG ajustáveis eletricamente. Em opção existem bancos AMG Performance. A bagageira varia entre 240 e 213 litros de capacidade, dependendo se a capota estiver fechada ou aberta (o que contrasta com os 264 e 155 litros disponíveis no antecessor, que era um “hard top”).

No lançamento estarão disponíveis duas versões: o SL 55 e o SL 63 (que com 1970 kg é 125 kg mais peso do que o seu antecessor). Ambas contam com os préstimos de um motor V8 4.0 biturbo, com 476 cv e 700 Nm, e 585 cv e 800 Nm, respetivamente. Pela primeira vez o SL está disponível com tração integral, neste caso o 4Matic+ com distribuição variável de binário e uma embraiagem controlada electromecanicamente. O motor coloca a potência na estrada através de uma caixa automática de nove velocidades equipada com a função “launch control”. Em opção no SL 55 e de série no SL 63 está um diferencial de deslizamento limitado controlado eletronicamente. O SL 55 anuncia 0-100 km/h em 3,9 segundos e o SL 63 cumpre a mesma tarefa em 3,6 segundos. O roadster beneficia ainda de um sistema de quatro rodas direcionais que permite ângulos até 2,5 graus. A suspensão tem uma configuração de triângulos sobrepostos à frente e de cinco braços atrás – com o SL 63 a receber de fábrica amortecimento adaptativo. Ambos os modelos recebem discos ventilados e perfurados de 390 mm com pinças de seis êmbolos à frente e discos de em aço de 360 mm e pinças de um pistão no eixo posterior. Em alternativa, é possível encomendar discos carbocerâmicos com discos de 402 mm à frente e 360 mm atrás. De série existem cinco modos de condução à disposição: Slippery, Comfort, Sport, Sport+ e Indivual, ao qual se junta o modo Race (de série no SL 63). Para o arranque de 2023 está prevista uma versão híbrida a gasolina SL 63e, com selo E-Performance.

Deixe uma resposta

*