Protótipo Alpine GTA é virtual, mas está à venda

Alpine GTA Concept

Modelo feito com base no A110 é um token não-fungível (NFT) disponível com cinco decorações diferentes.

A Alpine revelou um carro virtual, o GTA, que estará disponível apenas sob a forma de NFT (um token não-fungível). Isto significa que, apesar de não existir num formato físico, o carro está disponível para compra. Este NFT, uma tendência cada vez maior entre os colecionadores de arte, é limitado a cinco unidades, estando disponível com outras tantas decorações exteriores – vindo acompanhado de um respetivo certificado de autenticidade.

Este modelo feito com base no A110 resulta da imaginação do russo Arseny Kostromin, um designer que trabalha para a Renault, mas que confessa ser um apaixonado pela Alpine. O GTA foi criado com a ajuda da Nfast, um designer de hipercarros NFT, e da Animoca Branda, que gere o Revv Racing, um jogo de corridas no qual será possível conduzir estes carros. Uma das decorações é inspirada no A521 de Fórmula 1, outra faz uma espécie de reinterpretação da bandeira de França, enquanto outra faz uma alusão às origens do nome da marca francesa surgindo com as coordenadas do Monte Branco que se revelam com o uso de óculos 3D.

Os cinco exemplares em questão serão leiloados entre 3 e 5 de novembro no site OpenSea.io. Para o efeito é necessário ter criptomoedas. Por exemplo, já chegaram a ser pagos quase 2 milhões de euros por um Nissan GT-R virtual (embora, nesse caso, o comprador tivesse direito a um modelo real).

Deixe uma resposta

*