Maserati Ghibli original foi apresentado há 55 anos

Maserati Ghibli

O coupé “fastback” foi desenhado por Giorgetto Giugiaro.

O Maserati Ghibli já teve três “vidas”, mas o modelo original fez a sua estreia precisamente a 3 de novembro de 1966 no Salão de Turim, em Itália. Criado pela Ghia, o Ghibli representou uma nova abordagem dos gran turismo, sob a forma de um coupé de 2+2 lugares. O modelo conhecido pelo nome de código AM115, desenhado por Giorgetto Giugiaro, caraterizava-se pela fluidez das suas linhas, ao estilo “fastback”, e pelo capot baixo e alongado, além do para-brisas inclinado. Juntou ainda óticas retráteis, uma grelha reduzida e um logótipo do tridente mais pequeno que o habitual. Além disso, este modelo de inspiração desportiva contava com um chassis tubular numa posição baixa, uma solução que permitiu manter uma estrutura esguia. Já o pilar traseiro assumia um formato triangular.

No lançamento, em 1967, o motor do Ghibli era um oito cilindros de 310 cv e 393 Nm com 4700 cc – um bloco que estava equipado com um cárter seco – uma tecnologia oriunda da competição. Este anunciava 0-97 km/h em 6,8 segundos e uma velocidade máxima de 250 km/h. No ano seguinte chegou uma versão de 4930 cc a chegar aos 335 cv e 481 Nm. A partir dessa altura juntou-se uma opção com caixa automática de três velocidades, em alternativa à caixa manual de cinco relações de origem ZF. A partir de 1969, chegou uma versão “aberta” Spyder, que também podia ser equipada com “hard top”. Um ano depois ambas as variantes ficaram disponíveis com o motor de 4900 cc, ficando conhecidas pelo nome Ghibli SS.

O Ghibli recebeu o seu nome de um vento poderoso e quente do Norte de África, que transporta consigo uma apreciável quantidade de areia. Este primeiro Ghibli esteve em produção entre 1967 e 1972. Foram feitas 128 unidades do Spyder e 1200 coupé.

Deixe uma resposta

*