Mercedes prepara EQE Shooting Brake para 2023

Mercedes-Benz EQE Shooting Brake

Carrinha elétrica premium deverá ter autonomia até 660 km e uma versão AMG.

A Mercedes-Benz apresentou o EQE no Salão de Munique em setembro, uma berlina elétrica de 4,95 metros de comprimento que deverá estar à venda no próximo verão. Contudo, de acordo com a Auto Zeitung, a marca de Estugarda vai avançar com uma versão carrinha no formato Shooting Brake.

Prevista para 2023, esta derivação mais familiar terá uma bagageira maior do que os 430 litros disponíveis no EQE) – isto tudo sem compromisso de estilo permitindo que esta carrinha siga as pisadas de propostas recentes como a CLA e a CLS Shooting Brake. A carrinha elétrica premium deverá herdar o mesmo equipamento e motorizações do EQE sedan. Nesta fase está confirmada a versão EQE 350 com 215 kW/292 cv e 530 Nm (de tração traseira). A esta poderá juntar-se a opção EQE 450 com 245 kW/329 cv com dois motores e tração integral. Isto significa que na gama convencional da EQE Shooting Brake (na imagem um “render” digital de Christian Schulte) prevê-se uma autonomia máxima até 660 km (WLTP). Esta carrinha com mais estilo permitirá efetuar carregamentos até 200 kW, o que se reflete em 80% da carga em 32 minutos. Na calha está uma versão desportiva com cunho AMG, o EQE 53 com uma dupla de motores elétricos a debitar 400 kW/544 cv. A EQE Shooting Brake deverá ter como concorrente a BMW i5 Touring, que poderá ser aposta em 2024.

Recorde-se que a Mercedes quer oferecer uma versão “zero emissões” em cada um dos segmentos em que opera até 2025, abrindo caminho para a eletrificação total em 2030 em determinados mercados, nomeadamente o europeu.

Deixe uma resposta

*