CEO da Toyota acelera com novos GRMN Yaris e Rally1 WRC

Akio Toyoda ao volante do GRMN Yaris

Akio Toyoda mostrou como se faz aos comandos da edição especial e do novo Yaris híbrido de ralis.

A Toyota não tem um CEO muito convencional. Aliás, Akio Toyoda é seguramente dos poucos que se atreve a “pôr as mãos na massa” e conduzir os modelos da marca ao melhor estilo de um piloto de acrobacias. Há cerca de um mês, o japonês de 65 anos foi filmado num evento da divisão desportiva Gazoo Racing a conduzir o novo GR Yaris de ralis – campeão do mundo de 2021 por equipas e individualmente (pela mão de Sébastien Ogier). Agora, numa demonstração oficial organizada no âmbito do Tokyo Auto Salon, Toyoda, assumiu as rédeas do novo Rally1, já com a decoração final que utilizará no Rali de Monte Carlo no próximo fim de semana. O novo carro terá como principais concorrentes os igualmente novos Hyundai i20 N e Ford Puma da M-Sport, no ano em que o campeonato do mundo de ralis estreia um regulamento no qual entram em ação inéditos carros híbridos.

A figura principal da Toyota quis também, para a posteridade, demonstrar algumas das potencialidades do novo GRMN Yaris, uma edição limitada a 500 unidades apenas com dois lugares. Uma câmara no interior mostra um pouco mais em pormenores a perícia de Toyoda, com direito a várias manobras de drift, power slides e muito fumo à mistura.

O novo GR Yaris híbrido plug-in de competição é um modelo de 500 cv debitados de um motor 1.6 de quatro cilindros turbo (o mesmo da época passada) a operar em conjunto com um motor elétrico de 136 cv alimentado por uma bateria de 3,9 kWh de capacidade. Uma das principais vantagens deste sistema é o uso de travagem regenerativa. O modo elétrico serve para ser utilizado nos troços de ligação entre superespeciais. As novas regras obrigam que o modelo de tração integral regresse a uma caixa mecânica e que prescinda de um diferencial ativo central, o que teoricamente torna a condução do carro mais exigente. Os novos Rally1 continuam a recorrer a um chassis “space frame” específico embora este ano disponham de um combustível de origem sintética. Visualmente mantem a silhueta do modelo de produção, sendo que tudo o resto é diferente. A começar pelo kit estético mais agressivo, com entradas de ar maiores, vias mais largas e um spoiler traseiro de grandes dimensões. As duplas da Toyota para a nova temporada serão Elfyn Evans/Scott Martin (vice-campeão do mundo) e Kalle Rovanperä/Jonne Halttune (quarto em 2021). O outro Yaris Rally será da responsabilidade de Takamoto Katsuta/Aaron Johnston, sendo que o campeão do mundo Sébastien Ogier, agora na companhia do navegador Benjamin Veillas, participará apenas em algumas das provas do calendário.

Ver vídeo:

Deixe uma resposta

*