GLE PHEV promete 100 km de autonomia elétrica

Mercedes-Benz GLE 500e

Mercedes-Benz quer ter versões híbridas plug-in em toda a sua gama.

Depois de se aventurar no seu primeiro híbrido plug-in GLE 500e (na imagem) – entretanto descontinuado, que permitia autonomia até 30 km em modo elétrico -, a Mercedes- Benz pretende subir a parada na nova geração do SUV prevista para a segunda metade de 2019. Segundo o responsável de pesquisa e desenvolvimento da marca alemã, Ola Kallenius, em declarações à Automotive News Europe, a Daimler pretende ser a primeira superar a barreira dos 100 km de autonomia puramente elétrica no ciclo WLTP. Para conseguir tal feito, o construtor alemão apoia-se numa nova geração do sistema eDrive, que estreará em 2020.

Os próximos capítulos da estratégia de “eletrificação” da Mercedes-Benz poderão ser vistos na próxima edição do Salão de Genebra, em março de 2019, altura em que apresentará a terceira geração de modelos híbridos. Está prevista a apresentação de “mild hybrid” de 48V Diesel. Outra meta do construtor é lançar uma versão PHEV em toda a sua gama, do Classe A ou Classe S, sem esquecer os SUV.

Deixe uma resposta

*