Audi desiste de A3 e-tron

O cancelamento do modelo híbrido Plug-in está relacionado com a entrada em vigor do WLTP.

A Audi decidiu descatalogar o A3 Sportback e-tron, uma versão híbrida Plug-in inicialmente lançada em 2014. Os motivos da decisão da marca de Ingolstadt para prescindir do seu primeiro PHEV são os mesmos da saída de cena de outros híbridos Plug-in como o Q7 e-tron: a entrada em vigor do ciclo de testes WLTP.

O novo A3 deverá ter um sucessor dentro do próximo ano e meio, sendo que não deverá haver um modelo com estas caraterísticas até à próxima geração do compacto. Fonte da Audi disse à Autocar que seria contraproducente fazer alterações de produto agora, justificando que apenas nova geração do A3 se justifica lançar novos motores.

O nome e-tron vai passar em breve a ser associado a um SUV totalmente novo 100% elétrico – o primeiro da marca alemã – que chegará no início de 2019. Trata-se de um SUV que encaixará entre o Q5 e o Q7, em termos de dimensões.

A gama e-tron da Audi será composta 20 modelo até 2020, sendo que destes modelos “eletrificado” haverá doze elétricos até 2025.

Deixe uma resposta

*