Novo Peugeot 308 terá versão híbrida plug-in

Render do possível aspeto do Peugeot 308 híbrido plug-in

A próxima geração do pequeno familiar contará ainda com um GTi “eletrificado”.

A Peugeot prevê lançar o novo 308 no início de 2020, a tempo de responder aos concorrentes VW Golf VIII, Mazda 3, Toyota Corolla, Seat Leon ou o Skoda Scala. Os argumentos da marca de Sochaux para o novo compacto começam numa forte componente tecnológica, de forma a não perder terreno para os rivais. Assim, contará com uma renovada plataforma EMP2, que receberá modificações semelhantes às que foram introduzidas no SUV 3008 e na berlina 508 de modo a conseguir receber versões híbridas plug-in. De momento, versões 100% elétricas estão fora da equação. O objetivo é reduzir as emissões de CO2. Com efeito, o híbrido 308 Hybrid4 deverá combinar um 1.6 turbo a gasolina com 180 cv a funcionar em conjunto com um motor elétrico, para um débito total de 225 cv. A versão 308 GTi também será “eletrificada”, adaptando outro motor elétrico no eixo traseiro. O modelo terá tração integral e rondará os 300 cv, devendo anunciar entre 50 e 60 km em modo elétrico.

O novo 308 crescerá ligeiramente para cima dos 4,30 metros de comprimento, com incidência ao nível da distância entre eixos, o que se refletirá sobretudo no espaço para pernas nos ocupantes dos lugares posteriores. A bagageira deverá manter a mesma volumetria. Visualmente, como é possível ver pelo desenho publicado pelos franceses da Auto Moto, espera-se que o novo 308 adote algumas linhas do Instinct Concept de 2017. Está previsto que inclua também uma versão da instrumentação digital i-Cockpit.

A nova geração 308 deverá ser revelada no Salão de Frankfurt, em setembro.

Deixe uma resposta

*