Pantera está de volta com 650 cv

Ares Design Panther Project View Gallery 9 photos

O carroçador Ares Design apresentou o protótipo Panther Project 1, feito com base num Lamborghini Huracán.

O carroçador italiano Ares Design promete dar que falar com a sua iniciativa Legends Reborn, cuja primeira amostra é uma reinterpretação do lendário desportivo da década de 1970 De Tomaso Pantera, de 330 cv (ver autoDRIVE #14). De aspeto retro, o protótipo Panther Project 1 recorre a um chassis em alumínio e fibra de carbono e um motor V10 5.2 naturalmente aspirado, retirados de um Lamborghini Huracán. Contudo, o motor debita 650 cv (10 cv que o Huracán Evo) às 8250 rpm e 600 Nm às 6500 rpm, devido a alterações na unidade de controlo do motor e no sistema de escape. Já a caixa de dupla embraiagem de sete velocidades e o sistema de tração integral com diferencial de tipo Haldex controlado eletronicamente não sofrerem qualquer tipo de modificação. Com 1423 kg, o Panther tem apenas mais 1 kg que o supercarro da Lamborghini. Apesar disso, é 0,2 segundos mais lento na aceleração 0-100 km/h, que cumpre em 3,1 segundos. Já a velocidade máxima é idêntica: 325 km/h.

O Panther é mais comprido e mais estreito que o Huracán, sendo que o formato das portas o elemento principal que nos remete para o modelo da Lamborghini. Todos os painéis da carroçaria são em fibra de carbono e os faróis escamoteáveis utilizam tecnologia Full LED. O interior é bastante diferente, com paineis em fibra de carbono e revestimentos em couro Nappa e Alcantara. O elemento mais próximo do Huracán é o painel de instrumentos digital. O processo de construção de um Panther demora três meses.

A Ares Design vai entregar as primeiras unidades do Panther no final de maio. O preço começa nos 615 mil euros.

Deixe uma resposta

*