Novo Aston Martin chamar-se Valhalla

Aston Martin Valhalla

Previsto para 2021, o novo modelo de motor V6 de colocação central terá 1000 cv. Custará 1 milhão de euros.

A Aston Martin já tinha desvendado o seu novo desportivo de motor central traseiro, mas com o nome de Project 003 ou AM-RB 003. Contudo, o novo companheiro de gama do Valkyrie, Valkyrie AMF Pro e do Vanquish já tem um nome de batismo: Valhalla, em homenagem ao local da mitologia nórdica onde os guerreiros mortos ficavam depois de mortos. O novo modelo britânico, potencial concorrente do McLaren P1 e do Ferrari LaFerrari, posiciona-se abaixo do Valkyrie e tem lançamento previsto para 2021. Trata-se no fundo de uma versão mais compacta do Valkyrie, em termos visuais e técnicos, com um enfoque importante na componente aerodinâmica. Limitado a 500 unidades, a nova criação da Aston Martin terá mais espaço a bordo para os dois ocupantes. Há uma consola central de grandes dimensões a separar o condutor do passageiro e um compartimento para bagagem atrás dos bancos. O habitáculo é minimalista, cingindo-se ao volante de topo e fundo cortados e com um pequeno ecrã, um painel de instrumentos no topo da coluna da direção, compartimento para arrumação do smartphone, cujo conteúdo pode ser espelhado no sistema de infotainment do carro, travão elétrico, botão para os quatro piscas e um pequeno painel tátil para controlar a posição dos bancos, espelhos e ar condicionado.

Atrás dos passageiros está um motor V6 turbo responsável pelo movimento das rodas traseiras, acoplado a um sistema híbrido e a um diferencial autoblocante. O motor térmico funciona em conjunto com uma caixa automática de oito velocidades. Além disso surge dotado de um sistema de mudança de óleo através de um cartucho (igual ao do modelo de competição Vulcan). O motor elétrico deverá posicionar-se no eixo dianteiro, o que permitirá obter tração integral. O chassis incluirá elementos ativos e haverá inúmeros sistema de controlo da eletrónica do carro. De acordo com uma brochura oficial, o Valhalla debitará 1000 cv, anunciando 0-100 km/h em 2,5 segundos e uma velocidade máxima de 354 km/h. O preço por unidade será de 1 milhão de euros. As encomendas já estão abertas, mediante um depósito de 223 mil euros.

Tal como o Valkyrie, o Valhalla foi desenvolvido em conjunto com a Red Bull Advanced Technologies e pelo engenheiro e designer Adrian Newey, conhecido pelo seu trabalho na F1. Com apenas 1350 kg, o supercarro feito em fibra de carbono conta com uma asa FlexFoil, que permite alterar a quantidade de downforce sem mudar o ângulo de ataque.

Deixe uma resposta

*