Renovado Mercedes GLE Coupé traz versão com 435 cv

Mercedes-Benz GLE Coupé View Gallery 18 photos

Além da nova versão com assinatura AMG, SUV de formato coupé contará com duas opções Diesel.

A Mercedes-Benz apresentou o facelift do GLE Coupé, que fará a sua estreia mundial no Salão de Frankfurt, na Alemanha, daqui a duas semanas. O SUV de formato coupé, que tem chegada prevista para a próxima primavera, passa a exibir uma frente mais ousada, com uma grelha reformulada e faróis em LED com um novo formato. Conta também com um conjunto de jantes com um novo desenho, entre 19 e 22 polegadas, mas a principal mudança é mesmo a linha de tejadilho ainda mais pronunciada, que lhe confere um aspeto de coupé ainda mais reforçada. Atrás, o GLE Coupé conta com farolins mais finos, tampa da mala com spoiler integrado e dupla ponteira de escape com detalhes cromados. O novo modelo é 39 mm mais comprido, 7 mm mais largo e tem mais 20 mm de distância entre eixos. O GLE Coupé é 60 mm mais curto face ao GLE convencional.

Por dentro, o este rival do BMW X6 conta com as mesmas caraterísticas face ao GLE normal, nomeadamente através da adoção de um painel de instrumentos de 12,3 polegadas, volante forrado a couro, bancos desportivos e habitáculo revestido a pele Artico. Além de mais upmarket, o interior é ligeiramente mais espaçoso face ao antecessor, podendo transportar até cinco pessoas, segundo a marca de Estugarda. A mala tem 655 litros de capacidade, extensível a 1790 (mais 70 do que antes) com os bancos traseiros rebatidos.

A gama de motores é composta pelo Diesel de seis cilindros com versões 350d 4Matic com 272 cv e 600 Nm, e 400d 4Matic com 330 cv e 700 Nm, ambos acoplados de série a uma caixa automática de nove velocidades 9G-Tronic e a um sistema de tração integral. No topo da gama está uma versão inédita GLE 53 Coupé, um “mild hybrid” de 48V com um motor 3.0 de seis cilindros turbo a gasolina com 435 cv e 521 Nm, que conta com um motor elétrico que oferece mais 21 cv e 249 Nm em overboost. Graças a este conjunto, a nova versão EQ Boost anuncia 0-100 km/h em 5,2 segundos e uma velocidade máxima limitada a 250 km/h.

O modelo base traz uma suspensão em aço, podendo ser encomendada em opção com uma suspensão pneumática ou com a E-Active Body Control, com controlo individual de cada roda. O GLE 53 Coupé inclui de série a suspensão AMG Ride Control+, que permite rebaixar até 15 mm a suspensão. Esta versão desportiva traz uma direção específica, travões de alta performance (com discos de 400 mm à frente) e o sistema de tração integral AMG Performance 4Matic+, com otimização da distribuição de binário. Além dos modos Slippery, Comfort, Sport, Sport+ e Individual, acrescenta os modos de condução Trail e Sand para fora de estrada.

Deixe uma resposta

*