Ferrari mostra cabrio mais potente da atualidade

Ferrari 812 GTS View Gallery 7 photos

812 GTS é o primeiro drop-top com motor V12 de colocação central de Maranello em 50 anos.

A Ferrari está a apresentar esta semana no Salão de Frankfurt o descapotável de produção mais potente da atualidade: o 812 GTS. Aquele que é o primeiro modelo de Maranello no formato drop-top com motor V12 de colocação dianteira em meio século é um derivado do 812 Superfast. Este digno sucessor do 365 GTS4 – o último V12 Spider da Ferrari – conta com um motor de doze cilindros em V 6.5 com 800 cv às 8500 rpm e 718 Nm às 7000 rpm – o mesmo do Superfast. O motor conta com um sistema de injeção direta que pode funcionar até 350 bar e a relação de compressão é de 13,6 a 1. A caixa de velocidades é automática e de sete velocidades e conta com um sistema de tração às quatro rodas. A velocidade máxima anunciada do GTS é de 340 km/h – a mesma do Superfast – e valores “muito próximos” na aceleração de 0 a 100 km/h face ao Superfast, que se cifram nos 2,9 segundos. Com 4,69 metros de comprimento, tem uma bagageira com 210 litros de capacidade.

O teto rígido retrátil pode ser acionado a velocidades até 45 km/h, necessitando de 14 segundos para operar na totalidade. O óculo traseiro tem abertura independente do tejadilho, cumprindo igualmente a função de defletor quando o carro circula em modo “cabelos ao vento”. Face ao Superfast, este GTS conta com uma secção posterior redesenhada, recorrendo a um aileron de três patamares junto ao difusor, além de outras mudanças aerodinâmicas. Com 812 GTS conta com um sistema de quatro rodas direcionais e um controlo de estabilidade com função Ferrari Side Slip Control, que permite manobras de drift. Há ainda uma função Ferrari Power Oversteer que em caso de sobreviragem aplica força no volante indicando ao condutor para onde deve movimentá-lo de modo a corrigir a trajetória.

O 812 GTS é 75 kg mais pesado face ao Superfast e começa a chegar aos clientes em meados de 2020. O preço será 11% acima do Superfast.

Deixe uma resposta

*