Ferrari de Enzo “Il Commendatore” está à venda

Ferrari 330 GT 2+2 View Gallery 31 photos

Este 330 GT 2+2 é tido como o único modelo que o fundador da marca italiana utilizou como veículo pessoal.

Enzo Ferrari, uma figura incontornável na história dos automóveis, era amplamente conhecido por ser austero e reservado. De facto, pouco se sabe acerca da vida privada do fundador da marca italiana. Ainda assim, os poucos registos que existem, dão conta de alguns automóveis que “Il Commendatore” conduzia no quotidiano. Entre eles está o Ferrari 330 GT 2+2 que se encontra agora à venda numa galeria de clássicos.

Ao longo da década de 1950, o domínio da Ferrari nas pistas por esse mundo fora provocou o surgimento de um crescente interesse nos seus carros. Com o objetivo de desenvolver modelos mais adequados para uma utilização fora da competição, o construtor com sede em Maranello decidiu desenvolver um “Grand Tourer” com quatro lugares: era o nascimento do 330 GT 2+2. Quando foi revelado, este Ferrari recebeu imediatamente a alcunha “olhos de chinês”, graças às quatro óticas frontais dispostas de forma horizontal – algo pouco comum nos Ferrari da época. Desenhado por Pininfarina, o 330 GT 2+2 utilizava um V12 4.0 que debitava 300 cv de potência e lhe possibilitava atingir os 245 km/h. Foram produzidos 1087 exemplares no total, dos quais apenas 627 possuíam os caraterísticos faróis, mas a verdade é que foi um protótipo deste modelo que lhe deu prestígio.

O exemplar que pode observar nas imagens é precisamente esse protótipo. Pintado na cor branca “Light Ivory” e com um interior em pele preta, este exemplar foi construído em 1962 e é um dos Ferrari mais importantes da história. Com o número de chassis #4085, este 330 GT 2+2 foi mantido na posse da fábrica durante dois anos, sendo posteriormente utilizado por Enzo Ferrari como o seu veículo pessoal. Curiosamente, este é tido como o único modelo da Ferrari utilizado por Enzo com essa finalidade. Mais tarde foi importado para os EUA pelo primeiro concessionário norte-americano da marca e foi recentemente alvo de um processo de restauro avaliado em cerca de 250 mil euros. Esta importante peça de história da Ferrari está agora à venda por 455 mil euros na Daniel Schmitt & Co., um concessionário especializado em clássicos situado no Missouri, nos EUA.

Deixe uma resposta

*