BMW X5 a hidrogénio com 369 cv terá ajuda da Toyota

BMW i Hydrogen Next View Gallery 2 photos

Nova variante do SUV será uma série limitada a lançar em 2022.

A BMW apresentou na última edição do Salão de Frankfurt, em setembro, o protótipo i Hydrogen Next (na imagem). Mas agora apresentou novos dados acerca de uma possível versão de produção daquele que será um X5 Fuel Cell. Prevista para 2022, esta nova derivação da atual geração do SUV bávaro será uma série limitada. Caso o interesse aumente, a BMW poderá optar por uma produção em escala.

O sistema deste X5 foi desenvolvido entre a BMW e a Toyota, num projeto que remonta a 2013. O modelo final que recorre a um motor elétrico de quinta geração da BMW e a uma pilha de combustível debitará um total de 369 cv. O sistema movido a pilha de combustível é responsável por 168 cv de energia elétrica em resultado de uma reação química entre o hidrogénio e o oxigénio da atmosfera. Existem dois depósitos de 700 bar com 6 kg de hidrogénio cada – que podem ser reabastecidos entre 3 a 4 minutos.

A BMW e a Toyota continuam a apostar nos sistemas a hidrogénio. A Toyota começou em 2015 com o Mirai, que entrará na segunda geração no final deste ano. E a BMW poderá avançar em breve com um X7 híbrido com pilha de combustível. Um dos principais constrangimentos dos modelos fuel cell continua a ser a falta de postos de abastecimento. Segundo reconhece Klaus Froehlich, o responsável de pesquisa e desenvolvimento da BMW, “o hidrogénio está mais ou menos ao mesmo nível de onde se encontrava a mobilidade elétrica há uma década”.

Deixe uma resposta

*