Vettel deixa a Ferrari e poderá abandonar a Fórmula 1

Sebastian Vettel com as cores da Ferrari

As duas partes já comunicaram a decisão e o futuro do piloto estará a ser equacionado.

A Ferrari anunciou ontem que a sua ligação com Sebastian Vettel terminará no final da presente temporada. Segundo o comunicado oficial, “a decisão foi tomada em conjunto, tendo em conta os desejos de ambos lados”. O documento acrescenta que “não existe uma razão específica para o sucedido, é um acordo amigável no qual foi convencionado que chegou o momento de seguir caminhos separados, a fim de alcançar os objetivos de cada parte”.

Na passada temporada, a dinâmica interna da equipa com sede em Maranello sofreu uma mudança quando o jovem Charles Leclerc provou ser mais competitivo que o seu companheiro de equipa, Sebastian Vettel. Esse terá sido um dos fatores, em conjunto com a validade do contrato de Vettel, que impulsionou esta situação que já veio levantar um conjunto de questões quanto ao futuro da equipa italiana e do próprio piloto alemão.

Por enquanto, parecem existir três principais candidatos na lista da “Scuderia”: Antonio Giovinazzi, um dos “protegidos” da Ferrari que atua como piloto de reserva oficial e corre pela Alfa Romeo, Carlos Sainz Jr, que tem vindo a subir de rendimento e se destacou na temporada transata e Daniel Ricciardo, o piloto mais experiente do trio que já provou o seu talento, mas ainda não dispôs de uma verdadeira oportunidade.

Relativamente ao futuro de Vettel, o piloto refere no comunicado oficial: “a situação destes últimos meses fez-me refletir sobre quais são as verdadeiras prioridades da minha vida e, portanto, vou tirar algum tempo para refletir no que realmente quero para o meu futuro”. Esta afirmação poderá significar que o alemão estará a equacionar uma pausa na sua carreira, o que implicará a sua saída da Fórmula 1. Resta-nos esperar e acompanhar a situação.

Deixe uma resposta

*