Maserati MC20 estreará motor V6 biturbo de 550 cv

Maserati MC20 ainda camuflado

Novo bloco com tecnologia de F1 substituirá em toda a gama da marca italiana em substituição do V8 da Ferrari.

A Maserati confirmou que o novo superdesportivo de motor central MC20 (na imagem ainda camuflado), a revelar em setembro, contará com os préstimos de um novo motor V6 3.0 biturbo. Este novo bloco sobrealimentado de seis cilindros, que estará disponível em vários níveis de potência, substituirá a longo prazo o V8 de origem Ferrari – estendendo-se aos novos GranTurismo e GranCabrio, além dos atuais Levante, Quattroporte e em breve a um novo SUV do segmento D (que será feito a partir da plataforma Giorgio da Alfa Romeo, a mesma do Stelvio).

O novo motor da marca do tridente utilizará uma tecnologia denominada Turbulent Jet Ignition, cujo sistema permite reduzir os consumos e emissões de CO2. Este sistema deriva de um similar utilizado pela Scuderia Ferrari na Fórmula 1, fornecido pelos alemães da Mahle, que substitui as velas de ignição em cada cilindro por uma câmara de ignição a jato para permitir uma combustão mais pobre. Ao produzir uma queima de combustível com durações mais curtas, esta tecnologia reduz a batida de bielas do motor em situações de carga mais elevada, aumenta o pico de potência e evita a formação de óxido de nitrogénio e de partículas.

Na sua forma mais potente, o novo motor V6 biturbo terá 550 cv, enquanto se espera que tenha uma versão “base” de 530 cv.

A Automotive News diz que a estratégia de downsizing vai continuar a aposta de um 2.0 de quatro cilindros turbo. Este motor será introduzido no Ghibli Hybrid de 48V (já apresentado no Jeep Wrangler, com 274 cv e a funcionar em exclusivo com uma caixa automática de oito velocidades), que será revelado a 15 de julho.

Deixe uma resposta

*