Skoda transforma Scala num roadster

Skoda Slavia Concept View Gallery 5 photos

O exemplar único Slavia é inspirado num protótipo de 1957.

A Skoda apresentou o seu sétimo protótipo criado por estudantes da sua academia. Desta vez, o “one-off” chama-se Slavia. É, basicamente, um Scala convertido num roadster. A inspiração para esta criação levada a cabo por uma equipa de 31 alunos foi o protótipo 1100 OHC, um speedster de dois lugares e de apenas 550 kg desenvolvido para ralis criado em 1957. Para converter o hatchback de produção num “spider” desportivo, os estudantes reforçaram a zona inferior da carroçaria, removeram o tejadilho e prescindiram das portas traseiras. O Slavia tornou-se assim num modelo de três portas e com apenas dois lugares, com a zona posterior a ganhar uma secção aerodinâmica com duas saliências combinadas com um novo spoiler traseiro e uma tampa da mala redesenhada. De modo a “apimentar” mais as coisas, o Slavia conta com as jantes de 20 polegadas do Kodiaq RS, travões e pinças do Octavia RS, saias laterais do Scala Monte Carlo e um escape modificado. Os para-choques foram reconfigurados, há um lábio dianteiro mais pronunciado e um difusor traseiro com filamentos. A pintura White Crystal Blue tem um efeito pérola com detalhes em azul néon, havendo ainda LED programáveis nas soleiras das portas compostos pelas três cores da bandeira checa.

Por dentro, o Slavia inclui cintos de segurança de quatro apoios, bancos desportivos da Sparco revestidos em couro perfurado. A isso juntam-se detalhes em couro adicionais, incluindo no volante em dois tons. Há também couro preto com dois leões bordados a ocultar duas colunas do sistema de som com 320 watt que é complementado por um subwoofer de 2250 watts.

Apesar de todas as mudanças operadas, o conjunto motor/caixa é igual ao de um Scala normal: um 1.5 de quatro cilindros turbo a gasolina com 150 cv e 250 Nm, acoplado a uma caixa de dupla embraiagem de sete velocidades.

Deixe uma resposta

*