McLaren celebra glória em Le Mans com cinco Senna especiais

McLaren Senna GTR LM View Gallery 41 photos

Edição especial do GTR LM é alusiva aos F1 GTR que dominaram a edição de 1995 da prova de resistência.

Coincidindo com a edição deste ano das 24 Horas de Le Mans (que se realizará pela primeira vez sem público devido à pandemia do Covid-19), a McLaren apresentou uma edição limitada do Senna GTR LM. Cada um dos exemplares, criado pela McLaren Special Operations (MSO), surge com um esquema de cores específico em homenagem aos F1 GTR que em 1995 brilharam no circuito de La Sarthe – terminando a corrida em 1º, 3º, 4º, 5º e 13º. A MSO demorou pelo menos 800 horas a pintar cada um destes Senna especiais. Com efeito, teve de pedir autorização a patrocinadores como a Gulf ou a Harrods, assim como à organização da mítica corrida de resistência, a Automobile Clube de L’Ouest, para a pintura dos logótipos. O único autocolante é o que está no tejadilho do carro.

O Senna GTR LM 825/1 foi criado à imagem do F1/01R, também conhecido por “Ueno Clinic”, o vencedor da corrida disputada há 25 anos. A MSO replicou a cor cinzento carvão do carro original e aplicou várias luzes adicionais (embora não estejam na imagem).

O segundo carro Senna GTR LM 825/6, conhecido por “Harrods”, é um tributo ao modelo conduzido por Andy Wallace, Derek Bell e Justin Bell, que poderia ter vencido a corrida, mas que não o conseguiu devido a um problema de transmissão. Conta com uma pintura em amaralo com uma risca verde. A MSO pintou este Senna num Solar Yellow com uma risca Heritage Green.

O terceiro carro é o Senna GTR LM 825/2, criado para replicar o F1/02R, conhecido por “Gulf”. Este F1 terminou a corrida em quarto e surge pintado na mítica cor azul da Gulf Racing. Acrescenta ainda jantes OZ Racing e tem a assinatura de Ayrton Senna na parte traseira da lateral da carroçaria.

Segue-se o Senna GTR LM 825/7, que presta homenagem ao F1/07R, também denominado “Jacardi”. Este exemplar surge pintado em azul Royal e inclui logótipos da Elf, a petrolífera francesa que patrocinou as 24 Horas de Le Mans de 1995.

Por fim, o Senna GTR LM 825/5 é um tributo ao F1/05R “Cesar” que concluiu a corrida em 13º lugar. Apesar disso, foi o carro cuja pintura deu mais trabalho pois inclui os tempos da pole position, entre outras inscrições.

Todos os exemplares incluem patilhas no volante e triângulos da suspensão em dourado inspirados na cor do motor do F1. A isso juntam um escape da Inconel de dupla ponteira e uma inscrição do número do chassis do carro no qual se inspiram. Estas versões de pista Senna LM contam com um motor V8 4.0 com 845 cv e 800 Nm (mais 20 cv face à versão de estrada), sendo capaz de alcançar 9000 rpm.

Os cinco carros estão a ser entregues a clientes nos EUA, Europa continental e Reino Unido.

Deixe uma resposta

*