Novo Porsche 911 GT3 RS “apanhado” no seu habitat natural

Porsche 911 GT3 RS View Gallery 12 photos

A versão mais focada para pista da geração 992 contará com motor 4.0 de seis cilindros boxer atmosférico a debitar cerca de 550 cv.

A Porsche levou até Nürburgring o protótipo do 911 GT3 RS da geração 992, que tem lançamento previsto para 2021 (logo após o GT3 e o GT3 Touring). As fotos espia que agora circulam na internet mostram a versão mais apta para circuito no 911 como “peixe na água” no intenso traçado do “Inferno Verde”. Apesar de ainda surgir camuflado, é impossível que o 911 GT3 RS consiga disfarçar o seu kit aerodinâmico mais aprimorado, de onde se destaca o gigantesco spoiler traseiro duplo (que supera as dimensões do GT3, que poderá vir a ser mostrado até ao final do ano com mais de 500 cv), um avental dianteiro mais agressivo e um enorme difusor traseiro, com duas ponteiras de escape ao centro. A frente deste 911 GT3 RS foi otimizada, com o avental dianteiro a integrar entradas de ar maiores e novas “lâminas”. Além disso, o capot surge com entradas de ar.

Apesar da imponência estética, uma das informações mais relevantes em relação a este novo 911 GT3 RS é que contará debaixo do capot com os préstimos de um motor 4.0 de seis cilindros boxer naturalmente aspirado – o mesmo do 911 Speedster 991 – capaz de atingir 550 cv, a funcionar em conjunto com uma caixa de dupla embraiagem PDK de sete velocidades especialmente configurada para este modelo. Este conjunto permitirá acelerações de 0 a 100 km/h abaixo de 3,2 segundos (valor anunciado para a geração 991). Em termos de performance, o 911 GT3 RS dispõe de pinças de travão em alumínio, com opção de um conjunto carbocerâmico. Entre as atualizações ao nível do chassis espera-se uma nova suspensão inspirada para no modelo de corridas 911 Cup.

Também em opção existe uma “roll-cage” para garantir um nível de segurança adicional dos ocupantes. Tal como sucedeu com o seu antecessor, o novo GT3 RS conta com um volante desportivo com a marca das 12h, um painel de instrumentos com grafismo específico e revestimentos em Alcantara e fibra de carbono. Apesar disso, espera-se um habitáculo mais “despido”, de modo a reduzir o peso final do conjunto – aliás, este será o 911 mais leve da gama.

Deixe uma resposta

*