VW revela novo Golf GTI Clubsport com 300 cv

VW Golf GTI Clubsport View Gallery 8 photos

Nova geração tem um novo turbo, intercooler maior e uma nova afinação do eixo dianteiro.

O prometido é devido e a Volkswagen traz agora a jogo uma versão desportiva que faz a ponte entre o Golf GTI e o próximo Golf R: o Golf GTI Clubsport. A nova geração, com chegada prevista para o início de 2021, é, no fundo, tal como era o Golf GTI TCR na geração anterior, uma versão mais leve e mais potente do modelo de tração dianteira Golf GTI. A Volkswagen coloca o novo Golf GTI Clubsport entre o primeiro GTI Clubsport, lançado originalmente em 2016, e o Clubsport S de 310 cv. O Clubsport da oitava geração tem, no entanto, a vantagem de, ao contrário dos dois mencionados anteriormente (pertencentes à sétima geração), não ser uma edição limitada. Neste regresso à designação Clubsport (uma vez que a VW deixou de correr no TCR), a marca de Wolfsburg aposta num modelo mais refinado e substancialmente mais preparado para pista face ao GTI convencional. Para tal, o “hot hatch” surge munido de uma frente diferenciada, com um novo lábio e asas dianteiras concebidas com o intuito de aumentar a “downforce”, um lábio traseiro específico e um spoiler traseiro bipartido em preto brilhante. Além disso, este Clubsport apresenta-se com uma suspensão 10 mm mais baixa face ao GTI normal e com duas ponteiras ovais de maior dimensão, mais próximas do difusor. Mais tarde, o Clubsport estará disponível com um escape Akrapovic. Este novo membro da família GTI beneficia ainda de jantes de 18 polegadas de série (com opção de 19”) com pneus de medida 225/40 (com a possibilidade encaixar uns Michelin Pilot Sport Cup 2). Por dentro, o Clubsport traz novos bancos e uma decoração específica.

Debaixo do capot, o GTI Clubsport recorre à versão Evo 4 do motor 2.0 de quatro cilindros turbo a gasolina EA888 a chegar aos 300 cv e 400 Nm (mais 55 cv e 30 Nm face ao GTI normal), surgindo acoplado em exclusivo a uma caixa de dupla embraiagem DSG de sete velocidades, dotada de passagens mais rápidas. Com estas caraterísticas, esta nova variante desportiva do Golf é capaz de atingir 0-100 km/h abaixo dos seis segundos e de uma velocidade máxima de 265 km/h. A VW aposta num novo turbo, num intercooler maior, num diferencial autoblocante dianteiro controlado eletronicamente, em rodas da frente com um camber superior, numa afinação específica da direção progressiva e em travões maiores (com discos perfurados de 357 mm na dianteira e pinças em vermelho, além da integração de componentes em alumínio que lhe permitem ser 600 gramas mais leve), com vista a obter um comportamento mais neutro face ao GTI normal. A suspensão traseira multibraços possui novos rolamentos e um sistema hidráulico de amortecimento, bem como novos suportes da roda, molas e braços atualizados.

A marca alemã diz que o novo GTI Clubsport conseguiu cumprir uma volta em Nürburgring em 7 minutos e 54 segundos (13 segundos mais rápido face ao GTI normal, embora seja cinco segundos mais lento que o Clubsport S). Foi inspirado precisamente nas prestações deste novo Clubsport no “Inferno Verde” que os engenheiros da Volkswagen incluíram um modo de condução Special, ainda mais extremo que o modo Sport. Este modo especial promete manter o carro em modo de ataque em circuito, no entanto, com uma afinação mais suave do sistema de amortecimento adaptativo.

Deixe uma resposta

*